Curtas

Mais notícias internacionais: Acnur - mais de 1.500 perderam a vida

00:00 · 04.08.2018

Mais de 1.500 refugiados e migrantes morreram no Mediterrâneo durante os sete primeiros meses de 2018, e até 850 faleceram entre junho e julho, anunciou, na sexta-feira (3), a Agência da ONU para os Refugiados (Acnur), alertando que o índice de mortalidade é muito elevado.

Nigéria

Naufrágio deixa mais de 20 pessoas mortas

Vinte e uma pessoas, sendo quatro crianças, que tentavam voltar para suas aldeias depois de terem sido perseguidas por grupos armados, morreram no estado de Sokoto, no norte da Nigéria, quando seu barco naufragou devido ao excesso de peso. Eram 50 pessoas a bordo, em um rio do distrito de Gandi.

Mar Vermelho

Ataques matam 55 civis no Iêmen

Pelo menos 55 civis foram mortos e 170 ficaram feridos em vários ataques na cidade iemenita de Hodeida, à margem do Mar Vermelho, informou, na sexta-feira (3), o Comitê Internacional da Cruz Vermelha. Os rebeldes huthis controlam a cidade estratégica de Hodeida, no Iêmen.

Vaticano

Papa recebe mãe de Marielle Franco

O Papa Francisco recebeu, na quinta, no Vaticano, Marinette Silva, mãe da ativista brasileira Marielle Franco, assassinada no Rio em 14 de março. Segundo a família, não foi o primeiro contato entre os dois. Dias após a morte, o pontífice teria ligado para Marinette.

Provas da Lava-Jato

Brasília e Buenos Aires fecham acordo

A Procuradoria-Geral da Argentina fechou acordo com o Ministério Público Federal brasileiro para viabilizar a obtenção de provas das delações de executivos da empreiteira Odebrecht e de outros investigados na Lava-Jato.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.