Curtas

Mais notícia de Internacional: Egito anuncia a morte de 52 extremistas

00:00 · 06.08.2018 / atualizado às 00:11
 

Sinai

Em fevereiro, as forças egípcias iniciaram a operação Sinai a fim de expulsar os militantes islamitas. Ontem, admitiram a morte de 52 extremistas sunitas muçulmanos, enquanto outros 49 foram detidos. Essa ação ocorreu após o presidente islâmico do Egito, Mohamed Morsi ter sido destituído em 2013.

 

Soldados da OTan

Afeganistão sofre atentado suicida

Três soldados da operação “Apoio Resoluto” morreram, ontem, em um atentado suicida (homem-bomba) contra sua patrulha ao norte de Cabul. Um soldado americano e dois afegãos ficaram feridos no ataque. O atentado aconteceu nas proximidades de Charikar, na província de Parwan, a 70 km de Cabul. 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.