DIZ GOVERNO ITALIANO

Madri e Lisboa vão receber imigrantes

00:00 · 16.07.2018

Roma/Madri/Lisboa. O chefe de Governo italiano, Giuseppe Conte, assegurou que Espanha e Portugal acolherão cada um 50 emigrantes, a mesma cifra que França, Alemanha e Malta se comprometeram a receber, das 450 pessoas que foram resgatadas em águas italianas.

"Inclusive Espanha e Portugal acolherão cada um 50 emigrantes, como já fizeram França, Alemanha e Malta", escreveu Conte em sua conta do Twitter.

"É a solidariedade e a responsabilidade que sempre pedimos à Europa e que agora, depois dos resultados obtidos no último Conselho europeu, começou a se tornar realidade", reagiu Conte depois do anúncio de Berlim.

"Continuemos este caminho, com firmeza e em respeito aos direitos humanos", concluiu.

No sábado (14), França e Malta anunciaram que receberão 50 emigrantes cada um entre os resgatados, e Alemanha fez o mesmo horas depois.

Após ter zarpado da Líbia, um barco de madeira com 450 imigrantes foi localizado na sexta-feira (13) em águas internacionais, mas na zona de intervenção maltesa. Através de uma troca de mensagens, Roma tentou fazer com que autoridades maltesas se encarregassem destes emigrantes. Malta, no entanto, respondeu que a embarcação se encontrava mais próxima à ilha italiana de Lampedusa e que a maioria de seu tripulantes preferia chegar à costa italiana. No sábado, trasladaram os emigrantes a outras duas embarcações e oito deles puderam desembarcar na Itália por razões médicas.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.