Número atualizado

Inundações matam 106 no sul da Índia

00:00 · 17.08.2018 / atualizado às 13:10
Image-0-Artigo-2440930-1
Jardim do Taj Mahal ficou alagado devido às fortes precipitações que castigam a Índia neste mês ( FOTO: AFP )

Cochim. O balanço acumulado de uma semana das inundações no estado de Kerala, um dos mais turísticos na Índia, subiu ontem para 106 mortos, informaram as autoridades indianas, em um momento no qual outros territórios se veem ameaçados por chuvas torrenciais.

"O balanço oficial aumentou agora para 106 mortos. No total, 1.331 acampamentos improvisados foram criados no Estado e 147 mil pessoas estão desabrigadas", asseguraram dirigentes deste estado situado no sul.

O chefe do Executivo local, Pinarayi Vijayan, considerou que essas inundações, uma das piores catástrofes em décadas neste Estado, representam um incidente "extremamente grave". Centenas de soldados foram mobilizados a pedido do governo regional. Segundo as autoridades, ao menos 6.500 pessoas precisam ser evacuadas. "Todos os distritos estão em alerta vermelho, pois esperamos novas chuvas nas próximas 24 horas", declarou um responsável do centro de gestão de desastres.

As conexões ferroviárias e aéreas foram suspensas. No Estado de Kerala, famoso por suas praias, costuma chover com muita intensidade durante a estação das monções, mas as precipitações foram bem fortes neste ano.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.