Uma pessoa morre

Incêndios ameaçam área de Los Angeles

00:00 · 06.12.2017 / atualizado às 00:27
Image-0-Artigo-2333622-1
Ao menos mil bombeiros lutavam ontem contra o fogo que atinge o sul da Califórnia ( Foto: Agência France Presse )

Los Angeles. Ao menos mil bombeiros lutavam ontem contra um enorme incêndio florestal que atinge a região de Los Angeles, no sul da Califórnia, deixando um morto, milhares de evacuados e mais de 150 casas e lojas destruídas.

O corpo de bombeiros de Ventura, um condado ao norte de Los Angeles, informou que mais de 27.000 pessoas abandonaram suas casas, fugindo do incêndio, que já devastou 18.200 hectares na região.

As condições climáticas são "extremas" e "os ventos podem lançar bolas de fogo rapidamente (...) Prevemos cinco dias assim", disse o prefeito de Los Angeles, Eric Garcetti, em sua conta do Twitter. O incêndio, denominado "Thomas Fire", atingiu todo o norte de Los Angeles em espessas nuvens de fumaça, enquanto que as cinzas que cobriam as ruas da metrópole californiana dificultaram a respiração em alguns lugares. Outros dois incêndios começaram ontem, um denominado "Creek", que já destruiu cerca de 4.450 hectares, e o outro "Rye Fire", por enquanto reduzido.

Estado de emergência

O governador da Califórnia, Jerry Brown, declarou estado de emergência em Ventura, o que lhe permitirá mobilizar recursos para combater o fogo, que já "danificou infraestruturas sensíveis, destruiu centena de casas e provocou a evacuação de moradores". Um albergue na região de Ventura, montado em um galpão ao lado de um hipódromo, já abrigava mais de 600 pessoas.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.