México

Furacão Bud se forma no Pacífico

00:00 · 11.06.2018
Image-0-Artigo-2412242-1
Imagem de satélite mostra a formação do furacão Bud no oceano, indo em direção ao continente ( Foto: NHC )

Miami. O furacão Bud se formou no domingo e deve ganhar força rapidamente no norte do Pacífico, a oeste do México, disseram meteorologistas americanos. Às 21h GMT (18h em Brasília), Bud, o segundo furacão da temporada depois de Aletta, estava com ventos máximos sustentados de 120 km por hora e se deslocava para o noroeste a 15 km por hora, disse o Centro Nacional de Furacões (NHC), com sede em Miami. "Bud pode se fortalecer rapidamente nas próximas 24 horas", alertou o NHC.

Seu centro estava cerca de 410 quilômetros ao sul de Manzanillo, no México, disse o NHC.

O México emitiu um alerta de tempestade tropical para a costa sudoeste - de Manzanillo a Cabo Corrientes, áreas de resorts populares-, o que "significa que as condições de tempestades tropicais são possíveis dentro da área do alerta, neste caso nas próximas 24 a 48 horas", disse o NHC.

Vulcão

Já familiares e vizinhos da região devastada pela erupção do Vulcão de Fogo, ao sul da Guatemala, enterraram, ontem, as vítimas, enquanto outros sobreviventes da tragédia continuavam buscando os corpos de seus parentes. Carlos García, 16, acompanhava os caixões com os corpos de sua irmã Griselda Cortina, 27, e de sua sobrinha, Meylin Chávez, 9, em uma procissão ontem no povoado de San Juan Alotenango, no departamento de Sacatepéquez. As duas morreram engolidas pela torrente descontrolada de cinza, gás e pedras lançada pelo vulcão e que há uma semana atingiu a comunidade de San Miguel Los Lotes, deixando ao menos 110 mortos e 197 desaparecidos.

Centenas de pessoas formaram um corredor por onde passou o cortejo fúnebre, no qual também iam os corpos de Dolores Pérez Paz, de 21 anos, e de María Etelvina Charaldo, de 28.

Grupos de parentes voltaram ontem a entrar na região devastada na comunidade da cidade de Escuintla, sem se importar com o perigo da intensa atividade que o vulcão mantém.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.