No Brasil

Embaixador reclama de 'russofobia' no Ocidente

00:00 · 19.03.2018

Brasília. O embaixador russo no Brasil, Sergey Akopov, afirma que há uma "russofobia paranoica" no mundo ocidental. Afirma que o Reino Unido acusa, sem provas, o governo de seu país de envenenamento do ex-espião Skripal e sua filha; e nega que Moscou interfira em eleições em outros países.

"Consideramos esse ato do Reino Unido como pura provocação, com qual objetivo é difícil dizer. Deixamos isso na consciência do governo britânico. Duvido muito que eles se atrevam a agredir diretamente a Federação Russa, mas, realmente, estamos vendo que eles estão realizando uma guerra de propaganda contra o nosso país", disse.

Sobre a acusação de que a Rússia interfere em processos eleitorais em países como EUA e França, por meio de perfis falsos e hackers, ele rebate: "Essa é uma parte da russofobia que existe no mundo. Raciocinando normalmente, é absurdo pensar que a Rússia iria interferir num processo eleitoral nos EUA".

A ONG Repórter Sem Fronteiras põe a Rússia na 148ª posição do ranking de liberdade de imprensa, entre 180 países. "Nem no Ocidente, nem nos EUA, que têm de dar lições a todo o mundo de como a imprensa tem de ser livre, há essa liberdade".

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.