Na Espanha

Debate pode resultar em destituição de Rajoy

00:00 · 29.05.2018 / atualizado às 00:21

Madri. O debate sobre a moção de censura contra o governo do primeiro-ministro espanhol Mariano Rajoy, apresentada pelos socialistas para tentar destituir o dirigente conservador, acontecerá na quinta e sexta, anunciou o Congresso dos Deputados.

A votação deve, a princípio, acontecer na sexta-feira, mas pode ser adiada para sábado.

O Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), principal força de oposição, apresentou a moção de censura na sexta, um dia depois da condenação do Partido Popular (PP) de Rajoy em um grande processo por corrupção.

No processo, chamado de "trama Gurtel", 29 pessoas, incluindo mais de 10 funcionários ou representantes eleitos do PP, foram condenados a um total de 351 anos de prisão. A justiça citou um sistema de subornos a funcionários e dirigentes do PP em troca da atribuição de contratos públicos, entre 1999 e 2005, em diferentes regiões do país.

Os juízes condenaram o PP a pagar 245.492 euros como "beneficiário" de corrupção. "O que vai ser apresentado na quinta e sexta é um voto a favor ou contra o governo. Colaboramos com a impunidade? Esta é a questão", disse o secretário de organização do PSOE, José Luis Ábalos.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.