Especial publicitário

Visão global

Comércio Exterior

10:17 · 01.11.2017
Com o avanço da integração econômica entre os países e a especialização em produtos e serviços de melhor competitividade, o comércio internacional cresce a cada dia.
"Apresenta-se um cenário de oportunidades para os profissionais formados em Comércio Exterior, que tenham uma visão global e capacidade de buscar soluções de gestão, produção e logística",  projeta a professora Mônica Luz, Coordenadora do Núcleo de Práticas em Comércio Exterior (Nupex) da Universidade de Fortaleza (Unifor).
O profissional formado em Comércio Exterior trabalha com importação e exportação de bens e serviços, ou seja, na compra e venda de bens e serviços de outros países, sendo responsável por negociar  com empresas de todas as partes do mundo, além de executar e acompanhar todos os trâmites necessários para que essas negociações se concretizem por meio  da comercialização internacional.
 
HABILIDADES
Para quem pretende atuar nessa área, é necessário desenvolver habilidades em gestão de empresa, economia internacional, e execução da sistemática de importação e exportação do Brasil (leis e procedimentos específicos).
A professora Mônica Luz também aponta como atributos imprescindíveis, que ajudam muito na construção de uma carreira mais promissora: ser fluente e estudar línguas estrangeiras, como o inglês e o espanhol, e conhecer  as diferentes culturas de cada país. 
Depois de formado, o profissional de Comércio Exterior pode atuar como gerente de exportação e importação em indústrias ou comerciais, em importadoras e exportadoras (trading companies). A atuação como agente marítimo, representando armadores, também é uma função de grande demanda no mercado, além dos serviços de despacho aduaneiro e
consultoria. 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.