Especial publicitário

Criar e crescer

Editorial

04:00 · 07.12.2017
A criatividade humana é responsável por alguns dos maiores inventos de todos os tempos, desde a descoberta da roda até o surgimento dos primeiros computadores. E essa capacidade extraordinária se manifesta nos mais variados segmentos, com o potencial de se tornar, inclusive, uma área de atuação profissional. É dessa forma que se chegou à elaboração do conceito de economia criativa, forjado na década de 1990 e que desponta, a cada ano que passa, como um caminho para quem deseja entrar no mercado de  trabalho.
A economia criativa é formada por áreas como arquitetura e urbanismo, audiovisual, design, gastronomia, música, moda, publicidade, software etc., e tem a criatividade e o capital intelectual como principal instrumento, ou seja, o talento e as habilidades do profissional. Se levarmos em conta os números, podemos afirmar que criatividade não falta em nosso País, afinal, o mercado da indústria criativa no Brasil cresceu 90% entre 2004 e 2013, com quase 1 milhão de profissionais formais, de acordo com o estudo "Mapeamento da Indústria Criativa no Brasil", da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan). 
Mas essa também é uma tendência mundial: em todo o planeta, o comércio de bens e serviços criativos somou US$ 624 bilhões (R$ 2,3 trilhões) em 2011, mais do que o dobro do registrado em 2002, aponta a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e  a Cultura (Unesco). Com isso, percebemos que o trabalho, tal qual sempre o conhecemos, está se transformando. Embora seja o caminho convencional, muitas pessoas não priorizam mais ter a carteira assinada ou entrar no serviço público, pois entendem que é possível ser feliz fazendo o que gostam, empreendendo e desenvolvendo um setor.
Traçar um panorama de algumas profissões – arquitetura, moda, design, danças, música e artes cênicas – ligadas à economia criativa é o tema deste oitavo e último caderno da série Inclusão Profissional 2017. A série termina nesta edição. Esperamos que os cadernos especiais sejam úteis na sua busca por uma vaga de emprego, seja ela de entrada no mercado ou para uma colocação melhor. Utilize essas dicas e histórias de profissionais para incrementar sua carreira e alcançar todo o sucesso que você merece.
Boa leitura e bom trabalho!

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.