ESPECIAL PUBLICITÁRIO

Compactos e funcionais

Modernos e práticos, os apartamentos estúdio despontam como a nova tendência no mercado imobiliário fortalezense.

Dentre as vantagens dos apartamentos estúdios estão o menor gasto com manutenção e para mobiliar, já que o imóvel é pequeno. ( LC MOREIRA )
04:30 · 03.08.2018

O tamanho dessas habitações costuma ficar próximo dos 30 m², incluindo ambientes integrados e vasta infraestrutura de serviços e lazer no condomínio. As partes que costumam ser separadas por divisória são apenas o banheiro e, às vezes, o quarto. As soluções arquitetônicas vêm a favor dos adeptos da vida prática, provando que é possível viver bem num compacto aconchegante e estiloso.

Segundo Rosemberg Pires, Diretor Comercial da construtora Engexata Engenharia, essa tendência se deve às inúmeras vantagens dos apartamentos estúdio. “É o apartamento que cabe no bolso, porque você vai pagar um condomínio barato e, por ele ser pequeno, haverá menos gastos de manutenção e será possível mobiliar gastando menos, além de se encontrar soluções modernas de sofás que se transforma mem camas, mesas para estudar que se transformam em mesas de jantar e varandas que se transformam em espaço gourmet. As pessoas de certa forma querem o espaço social. Essa tendência será muito vista em Fortaleza nos próximos anos”, avalia o gestor.

Há um ano e meio, a Engexata lançou o Residencial Fortaleza Sul, no bairro Edson Queiroz (Rua Hill de Moraes, 12), em Fortaleza, com unidades de 30 m² e de 54 m². Rosemberg Pires explica que o condomínio nasceu seguindo a linha dos apartamentos estúdios que estão sendo construídos no Sul e no Sudeste do Brasil. “Você vê prédios em São Paulo com apartamentos de 20 m² reunindo pessoas de diferentes classes sociais em condomínios com vários serviços, quase como uma cidade”, pontua.

Perfil

Ele diz que o perfil dos compradores dos apartamentos estúdio do Residencial Fortaleza Sul abrange pessoas divorciadas, pessoas que moram com o pai e gostam de ter um cantinho para eles na semana, além de jovens na faixa etária de 30 anos que gostam de convidar “os amigos e, nos fins de semana, fazer encontros nas áreas comuns sem ter que sair de casa, nem ter que dirigir grandes distâncias, sem correr risco de dirigir e beber. Assim como o pessoal que gosta de esporte, que gosta de bater o racha no campo, essa é outra tribo, também é uma tendência”. 

Mas o maior público tem sido mesmo o de pessoas do interior do Ceará, esclarece o gestor da Engexata: pais que pensam em proporcionar aos filhos o estudo na capital, advogados e comerciantes do interior que querem um ponto de apoio para quando vêm a Fortaleza a trabalho. “Esses apartamentos são muito compactos para atender o público do interior do Ceará que vem fazer faculdade ou a trabalho. É uma segunda moradia para quem mora no interior e só vem à capital de vez em quando realizar atividades de trabalho ou estudo”, declara o gestor.

Ele opina que os cearenses do interior não querem mais alugar ou comprar um imóvel que gere muita despesa. Então, buscawm um estúdio moderno, com 24 horas de segurança e home club completo: quadra de esporte, fitness center, piscina com raia, brinquedoteca, salão de jogos adulto e infantil, espaço gourmet, salão de festa, lavanderia coletiva, dentre outros itens. “Esses apartamentos tanto podem ser usado para si próprio, mobiliados, como podem ser para alugar por temporada e outros fins”, ressalta o Diretor. Do total de 30% de unidades que já foram vendidas, Rosemberg Pires descreve que a maioria foram para pessoas do interior do Estado.

Para ele, o assunto é uma tendência, com outras construtoras já estudando o lançamento de empreendimentos com apartamentos estúdio. A própria Engexata já está fazendo outro condomínio com perfil similar ao do Residencial Fortaleza Sul, que será na Praia de Iracema, com apartamentos de 38 m² e 43 m², para o público que gosta da diversão da Praia de Iracema e da Beira Mar.

Compacto

Lavanderia Milênio

Com tamanho semelhante ao dos apartamentos estúdio, as unidades de 37,78 m² e 44,81 m² do empreendimento One Milênio Practical Home – lançado em novembro de 2017 pela Construtora Milênio – já são um sucesso de vendas, afirma Danilo Araújo, Diretor Comercial da Construtora Milênio. O empreendimento de torre única, com 19 pavimentos tipo e seis apartamentos por andar trará iluminação de LED, sistemas de placas fotovoltaica e reúso da água, o que influenciará em uma taxa de condominial reduzida, revela Danilo Araújo.

Localizado no bairro do Cocó (Rua Batista de Oliveira, 760), o residencial também terá unidades de 61,60 m² e 75,83 m². Mas, segundo Danilo, a maior parte dos imóveis terá as metragens menores. “Essas unidades compactas foram uma estratégia de mercado para alcançar o público, de solteiros ou recém-casados que quisessem morar em um apartamento menor, de alto padrão, em um bairro nobre”, frisa o gestor. Ele garante que a Construtora Milênio é a primeira a ofertar apartamentos desse tipo no Cocó.

Para compensar os espaços no interior das unidades privativas, o condomínio disporá de áreas de lazer, lavanderia, home office, bicicletário, academia completa e mix de lojas de conveniência voltado aos interesses dos condôminos. Com tudo isso, a construtora aposta num público composto por pais que estão comprando apartamento para o filho morar, gente que veio para estudar ou trabalhar em Fortaleza, além de investidores.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.