Especial publicitário

Investimento seguro

Especialistas afirmam que adquirir um imóvel é retorno certo de investimento financeiro, além de permitir o fim do pagamento do aluguel e dar mais comodidade, segurança e liberdade ao comprador

08:55 · 22.12.2017
Um novo ano está para iniciar, e é natural que o consumidor volte a planejar onde investir seus recursos. De que forma obter os melhores rendimentos em 2018? Economistas e analistas financeiros recomendam que adquirir um imóvel é uma opção acertada. Essa é a opinião de Anderson Almeida, Coordenador Comercial da Diagonal Engenharia. “Comprar um imóvel ainda é o melhor investimento. Podem haver momentos ruins, mas no médio e longo prazos nada se valoriza mais que investir em imóveis. É um investimento seguro, ainda mais em momentos de instabilidade”, declara.
Ricardo Bezerra, Sócio-Diretor da Lopes Immobilis, argumenta que o imóvel é o bem mais precioso que existe. “É o sonho para qualquer pessoa e a realização pessoal das famílias. Todos sonham com a casa própria acima de tudo”, pontua. Além do mais, acrescenta o gestor, “o imóvel passa de pai para filho, e não há fortuna no mundo que não tenha alicerce imobiliário. Nos dias atuais, com a baixa da taxa Selic, que é a taxa básica de juros nacionais, o imóvel passou a ser, além do mais seguro, o melhor investimento do momento”.
A Gerente Comercial da Direcional Engenharia, Amanda Longhi, concorda. Ela defende que um dos maiores proveitos de ter um imóvel próprio é que, ao fim do pagamento de todas as parcelas do financiamento, o imóvel será definitivamente seu, e a casa ou o apartamento passará a fazer parte do seu patrimônio ativo. “Além da satisfação de proporcionar uma moradia digna para toda a família, investir em algo próprio e ter a liberdade de poder usufruir como quiser”, sinaliza.
Ela lembra que o imóvel vai valorizar em longo prazo, por isso dá a dica: “Tenha isso em mente, pois caso passe por alguma dificuldade financeira, terá como negociar o empreendimento com valores mais altos. Isso porque, além de conseguir o valor original pelo qual você o adquiriu, ainda terá lucros adicionais que poderão sanar suas dívidas. A propriedade será um investimento que, ao contrário de outras opções, não sofrerá depreciação no valor”.
 
ALUGUEL
Deixar de pagar aluguel é outra vantagem de adquirir um imóvel. “Afinal, quando se aluga um imóvel, você não está construindo um patrimônio próprio, mas gerando despesas fixas sem retorno futuro. Sem contar com o risco de o aluguel aumentar”, alerta 
Amanda Longhi.
De acordo com pesquisa realizada pelo Instituto Data Popular, mais de 19 milhões de brasileiros sonham com a compra da casa própria. Eles querem desfrutar do conforto, da liberdade e da segurança que é ter seu próprio lar.
Diferentemente do imóvel alugado, também não haverá a preocupação com reformas ou intervenções que se tenha vontade de fazer no empreendimento, como pintar as paredes, quebrar ou construir outros cômodos – basta ficar atento às regras do condomínio e à 
legislação municipal. 
“Você não precisa ficar na incerteza de que ao final do contrato de locação terá que procurar um novo imóvel para alugar, pelo simples fato de que o proprietário da casa ou apartamento irá precisar dele”, pondera Amanda Longhi.
Outro ponto a favor é a possibilidade de adquirir o bem na planta. A vantagem disso é poder parcelar o pagamento da entrada. “Como o valor dessas parcelas é menor que o do aluguel praticado na região do empreendimento, facilita a compra da casa própria para quem não possui dinheiro guardado”, evidencia a gestora.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.