342 Vagas

STM e ABIN confirmam editais a serem lançados em dezembro

Exigências para os dois concursos serão de nível médio e superior. Salários chegam a R$ 10,1 mil e R$ 15,4 mil

Cebraspe, antigo Cespe/UnB, será a banca organizadora de ambas as seleções. As provas objetivas apresentarão questões no estilo certo e errado
00:00 · 16.12.2017 / atualizado às 00:56

Dois concursos que já receberam autorização do Ministério do Planejamento se preparam para lançar seus editais ainda em dezembro. São eles: o da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e o do Superior Tribunal Militar (STM), que abrirão, juntos 342 oportunidades de nível médio e superior. Saiba mais:

STM

Está programado para ser lançado entre 18 e 22 dezembro o edital do novo concurso público do Superior Tribunal Militar (STM). A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa do órgão.

No final de novembro, o Cebraspe (antigo Cespe/UnB) foi escolhido novamente para organizar o certame. O contrato de prestação de serviços entre ambas as partes já foi assinado.

Vale lembrar que o Cebraspe teve seu contrato anulado devido a um erro contratual e que STM realizou uma nova dispensa de licitação, na qual o antigo Cespe/UnB ganhou novamente.

Participaram também da seleção a Fundação Carlos Chagas (FCC), a Fundação Getúlio Vargas (FGV) e o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Executivo (Ibade).

O concurso do STM deve contemplar pelo menos 42 vagas distribuídas em cargos com exigência de níveis médio e superior, mas esse número pode subir até a data de publicação do edital, devido às aposentadorias.

De qualquer forma, o processo seletivo também contará com cadastro reserva de pessoal.

Já está definido que o preenchimento das oportunidades ocorrerá na sede do órgão, em Brasília, bem como nas auditorias, que representam a primeira instância do tribunal, localizadas em São Paulo/SP, Rio de Janeiro/RJ, Juiz de Fora/MG, Porto Alegre/RS, Santa Maria/RS, Bagé/RS, Curitiba/PR, Salvador/BA, Recife/PE, Fortaleza/CE, Belém/PA, Manaus/AM e Campo Grande/MS.

O edital trará ofertas para as carreiras de técnico judiciário e analista judiciário. Para disputar a função de técnico será exigido ensino médio, enquanto o posto de analista aceitará profissionais com formação superior em diversas áreas de atuação.

No caso do técnico, haverá chances nas especialidades administrativa (27 vagas) e apoio especializado/programação (3). A posição de analista estará distribuída entre as áreas judiciária (5), administrativa (1), apoio especializado/análise de sistemas (1), apoio especializado/contabilidade (1), apoio especializado/engenharia civil (1), apoio especializado/estatística (1) e área apoio especializado/revisão de texto (1).

A assessoria de comunicação do STM informou que as remunerações iniciais correspondem a R$ 6.167,99 para técnico e a R$ 10.119,93 para analista.

Abin

Por sua vez, a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) também confirmou, por meio de publicação em seu site oficial, que pretende lançar o edital de seu aguardado novo concurso público já nos próximos dias, ainda no mês de dezembro.

A publicação informa, também, que o contrato com a banca organizadora, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Promoção de Eventos (Cebraspe) foi assinado no dia 14 de dezembro e publicado no Diário Oficial do dia 15. O órgão tem até domingo, 17 de janeiro, para liberar o documento, prazo determinado pela autorização do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG), divulgada em 16 de julho, com validade de seis meses.

O concurso contará com uma oferta de 300 vagas, sendo 20 para cargos com exigência de ensino médio e 280 para nível superior, com remunerações iniciais de até R$ 15.461,80.

As 20 vagas de nível médio são para o cargo de agente de inteligência. Neste caso, a remuneração é de R$ 6.147,22, já considerando o auxílio-alimentação.

Superior

Das 280 oportunidades destinadas a quem possui nível superior, 220 são para a carreira de oficial de inteligência e 60 para oficial técnico de inteligência. As remunerações iniciais para estas carreiras são de R$ 15.461,80 para oficial e R$ 14.281,28 para oficial técnico, já considerando o auxílio-alimentação. Para concorrer será necessário possuir formação em áreas específicas.

A lotação dos aprovados deverá ser em Brasília.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.