ARTIGO

Pensar como "sócio" faz a diferença

00:00 · 14.07.2018

No passado era comum que um colaborador passasse toda sua carreira trabalhando em uma mesma empresa, mas hoje, isso é diferente. Alguns profissionais buscam mudança de emprego, com objetivo de crescer profissionalmente, vivenciar novas experienciais e desafios novos.

E ao buscar uma recolocação, como ser o diferencial em meio a concorrência dos outros candidatos?

As competências técnicas e o bom perfil comportamental sempre serão requisitos relevantes. Somado a isto, está o comprometimento, que vou chamar de "senso de dono". O profissional que se coloca como "dono" da empresa é aquele que mais se destaca. Um profissional ativo, participativo, que traz soluções e ainda permite crescimento ao negócio. Esse profissional é peça importante dentro de qualquer empresa. A ideia de ser o dono do negócio é sentir-se parte, sentir-se merecedor das conquistas e vitórias da empresa.

Naturalmente esse comportamento traz maior disposição, desenvolve autonomia e o sentimento de estar no caminho certo. É preciso vivenciar boas experienciais, para evoluir e alcançar sua realização.

Madalena Medeiros
Diretora executiva do fastjob, mobile consultoria, palestrante e consultora

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.