8 FASES

Concurso da PF abre 500 vagas em 21 áreas; inscrições começam na terça

As remunerações chegam a R$ 22,6 mil. Três cargos exigem qualquer formação em nível Superior.

Segunda etapa do concurso público consistirá de Curso de Formação Profissional, de caráter eliminatório ( Arquivo )
14:39 · 15.06.2018 / atualizado às 14:42
As provas do concurso público da Polícia Federal para 500 vagas, publicado nesta sexta (15), devem ocorrer no dia 19 de agosto deste ano. Quem se inscrever, via internet, de 19 de junho a 2 de julho, passará por 8 fases em duas etapas do processo seletivo.
 
O certame atende a necessidade da Polícia Federal em dois cargos (Delegado e Perito), que contemplam 21 áreas, e outros três cargos (Agente, Escrivão e Papiloscopista) com qualquer outra formação de nível Superior. 
 
A primeira etapa, de responsabilidade da organizadora Cebraspe, é formada por:
  • provas objetivas com 120 questões
  • exame de aptidão física;
  • prova oral, somente para o cargo de Delegado;
  • prova prática de digitação, somente para o cargo de Escrivão;
  • avaliação médica;
  • avaliação psicológica;
  • avaliação de títulos, somente para os cargos de Delegado e Perito;
A segunda etapa do concurso público consistirá de Curso de Formação Profissional, de caráter eliminatório, de responsabilidade da Academia Nacional de Polícia, a ser realizado no Distrito Federal.
 
CARGO: DELEGADO DE POLÍCIA FEDERAL
VAGAS: 150
REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de bacharel em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e comprovação de 3 (três) anos de atividade jurídica ou policial.
REMUNERAÇÃO: R$ 22.672,48.
 
CARGO: PERITO CRIMINAL FEDERAL
VAGAS: 60
REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, em 20 áreas. São elas:
REMUNERAÇÃO: R$ 22.672,48.
  1. Ciências Contábeis ou Ciências Econômicas;
  2. Engenharia Elétrica, Engenharia Eletrônica, Engenharia de Telecomunicações ou Engenharia de Redes de Comunicação;
  3. Análise de Sistemas, Ciências da Computação, Engenharia da Computação, Engenharia de Redes de Comunicação ou Informática;
  4. Engenharia Agronômica;
  5. Geologia;
  6. Engenharia Química, Química Industrial ou Química;
  7. Engenharia Civil;
  8. Engenharia Florestal;
  9. Medicina;
  10. Farmácia.
AGENTE DE POLÍCIA FEDERAL
VAGAS: 180
REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.
REMUNERAÇÃO: R$ 11.983,26.
 
ESCRIVÃO DE POLÍCIA FEDERAL
VAGAS: 80
REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.
REMUNERAÇÃO: R$ 11.983,26.
 
PAPILOSCOPISTA POLICIAL FEDERAL
VAGAS: 30
REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC
REMUNERAÇÃO: R$ 11.983,26.

Lotação: local que os aprovados irão atuar

Para a escolha de lotação dos aprovados no concurso, serão disponibilizadas vagas, preferencialmente, nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins e em unidades de fronteira.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.