ARTIGO

Espiritualidade pode ajudar as empresas?

00:00 · 12.08.2017 por Madalena Medeiros - Diretora executiva do fastjob, mobile consultoria, palestrante e consultora

As empresas buscam resultados e eles tornam-se mais eficazes e sustentáveis, na medida em que os valores desta organização inclui o SER espiritual. As organizações estão percebendo que além do desenvolvimento de competências, existe também a importância em desenvolver valores, tais como ética, honestidade, respeito e cooperação.

Nossa cultura cria modelos mentais onde há uma sugestão velada de que as pessoas bem sucedidas e ricas, são pessoas desonestas e não servem de exemplo de integridade. Precisamos acabar com crenças limitadoras e, além disso, devemos combater a ideia de que o sucesso e a prosperidade não dialogam com espiritualidade cristã.

No cenário atual, organizações veem e têm exercitado o desenvolvimento da espiritualidade, como uma nova dimensão que abre caminhos para o crescimento corporativo e de seus colaboradores. A espiritualidade organizacional contribui para a construção de um ambiente de satisfação através de valores Cristãos, alinhados com o objetivo do negócio de maneira ética e transparente valorizando as pessoas como ser humano e não apenas como recurso da organização. O colaborador costuma responder com maior comprometimento afetivo e um sentido mais forte do dever de lealdade e entrega de produtividade.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.