Nível médio e superior

Detran/MA publica edital com 170 oportunidades

Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão contrata para os cargos de assistente e analista de trânsito

00:00 · 09.12.2017
ma
Em 2015, o Detran/MA se comprometeu junto ao Ministério Público a substituir a terceirização irregular em três anos (2015, 2016, 2017) ( Foto: Divulgação )

O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran/MA) publicou o edital de abertura das inscrições do concurso para assistente e analista de trânsito. A seleção visa ao preenchimento de 170 vagas, sendo oito reservadas a pessoas com deficiência e 34 para os negros.

Aqueles que pretendem concorrer ao cargo de assistente de trânsito (168 vagas) devem possuir nível médio completo. O salário inicial é de R$ 1.400.

Já para o posto de analista de trânsito (2), a exigência é de diploma de nível superior em qualquer área. A remuneração é de R$ 4.400.

Como participar

As inscrições serão recebidas no período das 10h desta segunda-feira, dia 11 de dezembro às 14h de 18 de janeiro de 2018.

A ficha de cadastro estará disponível no endereço eletrônico da banca organizadora, a Fundação Carlos Chagas (www.concursosfcc.com.br). As taxas de inscrição custam R$ 90 para assistente de trânsito e R$ 140 para analista de trânsito. Podem solicitar a isenção do pagamento pessoas que comprovarem que estão desempregadas, ou são doadores de sangue ou medula óssea, e ainda os eleitores que trabalham voluntariamente como mesários nas eleições.

Provas

Os candidatos inscritos serão avaliados por meio de uma única etapa: prova objetiva, marcada para o dia 18 de março de 2018, a ser aplicada nas cidades de São Luís (Capital do Estado), Caxias e Imperatriz.

O exame será composto por 70 questões de múltipla escolha que abrangem as disciplinas de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico-Matemático, Noções de Informática, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Noções de Administração Pública e Conhecimentos Específicos.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.