testes

Concursos + Simulado

00:00 · 19.05.2018

Língua portuguesa

1) Observe o seguinte trecho: "Surpreendentemente, houve entrevistado que opinou favoravelmente, valorizando Los Angeles - um caso típico de cidade rodoviária e dispersa."

No período "houve entrevistado que opinou favoravelmente", o segmento "que opinou favoravelmente" poderia ser reescrito "com opinião favorável".

A frase abaixo em que essa estratégia de redação foi empregada de forma idêntica é:

A) Anuncia-se que o projeto será votado brevemente/ votado com brevidade.

B) Esse problema merece ser examinado minuciosamente/ exame minucioso.

C) O problema precisa ser resolvido rapidamente/ resolver-se com rapidez.

D) Acreditava-se que o projeto passaria facilmente/ teria fácil passadiço.

E) A população luta bravamente por seus direitos / luta com bravura.

Comentário:

Alternativa B.

No trecho original, o segmento é uma frase verbal (que opinou favoravelmente). Na reescrita, há uma frase nominal (com opinião favorável).

Isso é possível porque a presença do pronome relativo (que) mostra que há uma oração com sentido adjetivo, o que é mantido na reescrita. O mesmo fenômeno ocorre na alternativa B (ser examinado minuciosamente/exame minucioso). Nas demais opções, a reescrita permanece com verbo.

2) Transpondo-se para a voz passiva o segmento sublinhado na frase os partidários de quem subjuga acabam por demonizar a reação do subjugado, ele deverá assumir a seguinte forma:

A) acabam demonizando.

B) acabam sendo demonizados.

C) acabará sendo demonizada.

D) acaba por ter sido demonizado.

E) acaba por ser demonizada.

Comentário:

Alternativa E.

Em "acabam por demonizar", há dois verbos (acabam: auxiliar; demonizar: principal). Na transposição, deve haver três verbos e o auxiliar é apenas repetido (fazendo a concordância verbal).

Desse modo, temos: acaba por ser demonizada. O verbo ser (voz passiva) fica na mesma forma que "demonizar" (voz ativa).

3) Assinale a alternativa em que o termo não siga regra de acentuação idêntica à de "famílias":

A) Persistência.

B) Período.

C) Inadimplência.

D) Contínuas.

E) Dissídios.

Comentário:

Alternativa B.

A palavra "famílias" é acentuada por ser paroxítona terminada em ditongo, processo idêntico ao que ocorre com persistência, inadimplência, contínuas e dissídios, enquanto a palavra "período" é acentuada por ser proparoxítona. A alternativa correta é, portanto, a letra b.

4) No tempo em que se andava a cavalo para entregar cartas, era preciso pôr arreios no cavalo, ou seja, era preciso:

A) Arriar-se o cavalo.

B) Arreiar o cavalo.

C) Arreiar-se no cavalo.

D) Arrear o cavalo.

E) Arriar no cavalo.

Comentário:

Alternativa D.

Os verbos arriar e arrear existem na Língua Portuguesa e possuem significados distintos: ariar significa abaixar, enquanto arrear significa colocar o arreio. Portanto, a alternativa correta é a letra d.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.