ARTIGO

Como fazer um vídeo-currículo

00:00 · 17.03.2018 / atualizado às 00:49

Processos seletivos por vídeos têm ganhado a aprovação dos selecionadores por conta da praticidade e do avanço da tecnologia, além do que a apresentação pode ser vista por diferentes avaliadores em tempos distintos e isso ultrapassa as barreiras do julgamento do entrevistador comum, aprimorando a seleção.

O vídeo-currículo proporciona ao contratante observar detalhes que não seriam possíveis em um currículo tradicional. Ele é como um trailer de quem é o candidato, ou seja, um bom currículo em vídeo tem que estimular o recrutador a querer saber mais sobre o candidato e chamá-lo para uma entrevista de emprego. O principal ganho para o recrutador é ter na sua frente algo menos frio do que um papel que, muitas vezes, não fala tudo a respeito do candidato.

É importante saber que não basta apenas saber como fazer um vídeo currículo, você precisa ponderar quando é ideal usar esta modalidade. Apostar em um currículo em vídeo e enviar para uma empresa mais tradicional e que possa não estar interessada neste tipo de plataforma é uma atitude arriscada, pois empresas tradicionais podem não receber bem esta abordagem, que é mais valorizada por empresas mais modernas e inovadoras. Assim, não saia espalhando vídeos em todas empresas.

Madalena Medeiros
Diretora executiva do fastjob, mobile consultoria, palestrante e consultora

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.