recursos humanos

Como descobrir um mentiroso no trabalho

Estudo mostra que as expressões do rosto podem entregar os melhores mentirosos. As dicas são da Universia

00:00 · 02.12.2017

Cientistas da Universidade Dalhousie, no Canadá, dizem que é possível detectar mentiras por meio do rosto das pessoas. Os pesquisadores dizem que, ao olharmos atentamente para as expressões das pessoas, suas faces irão "traí-los" brevemente, com amostras de suas verdadeiras emoções. "Ao contrário da linguagem corporal, não se pode controlar completamente o que acontece no rosto", diz o pesquisador Stephen Porter.

A equipe de pesquisa analisou, entre outras evidências, o caso do canadense Michael White, que em julho de 2005 fez um apelo público para o regresso de sua esposa desaparecida, que estava grávida.

Três dias depois, White comunicou à imprensa que estava decepcionado com a ação da polícia e que iria liderar grupos de busca voluntários. Algum tempo mais tarde, o homem foi acusado e condenado pelo assassinato em segundo grau de sua esposa e o filho ainda não nascido.

Emoções

Quando Porter e sua equipe analisaram as imagens de White, quadro por quadro, encontraram em seu rosto indícios de ira e desgosto que não haviam sido detectados pela maioria do público. O pesquisador diz que nada consegue falsificar as emoções de maneira perfeita e que algumas são mais difíceis que outras. Por exemplo, a felicidade é mais fácil de fingir do que o medo e a raiva.

"A face e sua musculatura são tão complexas, muito mais do que qualquer parte externa de nosso corpo" diz Leanne ten Brinke, uma das cientistas envolvidas na pesquisa. "Há alguns músculos no rosto que você não pode controlar, e esses músculos não serão ativados na ausência de emoções genuínas, simplesmente não conseguimos controlá-los", diz Brinke.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.