Coluna

Dicas de Concursos: Seja 'imparável'

Dicas de Concursos

empregos@diariodonordeste.com.br

00:00 · 28.07.2018 / atualizado às 00:22

Recentemente, estava eu navegando pela web quando vi uma palavra que me chamou a atenção: "imparável". Naturalmente, eu sabia o significado dela, mas nunca havia empregado a expressão em meus textos ou em minha fala e logo pensei que ela poderia render um artigo. Afinal, qual é o principal motivo pelo qual as pessoas fracassam em qualquer empreitada e, em particular, na preparação para concursos públicos? Porque PARAM! Elas fracassam não por serem incapazes ou menos inteligentes; fracassam não porque não há oportunidades para elas, mas porque, em algum momento, param. Abra qualquer livro de história e você verá que o mundo pertence aos IMPARÁVEIS.

Pense comigo. O que teria acontecido se Thomas Edison tivesse parado após fracassar na primeira tentativa de inventar a lâmpada elétrica? Pergunto ainda: como seria o mundo de hoje se ele houvesse desistido após 999 tentativas sem êxito? Estima-se que Edison tentou milhares de vezes antes de ser bem-sucedido e mudar por completo o rumo da história. Atribui-se a ele a frase: "Eu não falhei. Apenas descobri 10 mil maneiras que não funcionam".

E como seria o mundo da tecnologia deste início de século se Steve Jobs tivesse parado de empreender após ter sido expulso de maneira vexatória da Apple, empresa que ele mesmo fundou e atualmente a organização mais valiosa do mundo? Certamente não existiriam nem iPhones, nem iPads, nem iPods, entre tantos outros produtos que revolucionaram a forma como nos comunicamos e interagimos uns com os outros.

Como estaria Giselle Bündchen se tivesse parado de tentar se tornar modelo após ter sido rejeitada 42 vezes no início da carreira, ouvindo absurdos como que o seu nariz era "grande" e os seus olhos "pequenos"? De certo, ela não seria a celebridade mundial que conhecemos nem a mais bem-paga modelo da história, sem falar a ativista que atua em causas nobres, especialmente de cunho ambiental.

Em absolutamente TODAS essas histórias, nenhum dos protagonistas se arrependeu de não ter parado. Ser imparável faz parte do DNA de cada um desses personagens.

A maioria das pessoas não consegue perseverar porque foca no erro e não na possibilidade futura de acertar . Sem sombra de dúvida, é preferível errar a vida inteira, mas não parar nunca. Inevitavelmente acerta-se no fim, desde que nunca se deixe de tentar fazer algo significativo e de perseguir o sucesso por toda a existência aqui, na terra. Quem age diferente disso, para de viver, mesmo que esteja respirando. Passa a simplesmente existir.

Portanto, amigo leitor, anote a palavra "imparável" em seu caderno, em seu mural dos sonhos ou em sua mente. E lembre-se sempre: enquanto houver vida, há possibilidade de continuar e de evoluir.

Gabriel Granjeiro, especialista em concursos públicos e diretor-presidente do Gran Cursos Online

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.