10 ofertas

Aratuba abre concurso para agentes de trânsito

Requisito de nível médio completo e carteira de habilitação categoria AB. Salário de R$ 1.153,87 e carga de 40 h/semana

Aratuba faz parte do Polo Serra de Guaramiranga e tem uma população estimada em cerca de 11,5 mil habitantes ( Foto: Antonio Carlos Alves )
00:00 · 23.12.2017

A Prefeitura Municipal de Aratuba, município localizado no Maciço de Baturité, lançou concurso a fim de selecionar servidores para o cago de agente fiscalizador de trânsito e transporte.

Foram abertas 10 vagas efetivas, além de formação de cadastro reserva. Dos candidatos, é exigido nível médio completo e carteira de habilitação (CNH) categoria AB (mínima). Aos portadores de necessidades especiais são reservados 5% das ocupações (1 vagas).

O salário oferecido é de R$ 1.153,87, para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Inscrições

Os interessados poderão se inscrever no site da empresa organizadora do processo seletivo, o Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro IDIB (www.Idib.org.br). O prazo vai até as 17h do dia 14 de janeiro de 2018. Também serão aceitas inscrições presenciais, no posto facilitador localizado na sede da Prefeitura, das 8h às 11h30 e das 13h às 17h, durante todo o período de inscrição. É cobrada taxa de inscrição no valor de R$ 85.

Prova

Os inscritos serão submetidos a uma prova objetiva com 40 questões de Língua Portuguesa e de Conhecimentos Específicos. Com duração de três horas, o exame será aplicado no dia 25 de fevereiro de 2018.

O concurso terá o prazo de validade de dois anos, podendo ser prorrogado uma única vez por igual período.

Últimas seleções

A última vez que a Prefeitura de Aratuba selecionou agentes de trânsito e transporte foi em 2012. Na época, foram abertas 10 vagas e o organizador foi o Serviço de Acompanhamento e Assessoria Pública Serap.

Este ano, Aratuba divulgou seleções para profissionais de saúde temporários e para motorista.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.