intercâmbio

América Latina tem ótimos destinos

00:00 · 07.04.2018

1. Menor burocracia no processo - Obter a documentação necessária para destinos para intercâmbio na América do Norte e Europa envolve uma série de etapas burocráticas. Viajar para alguns países da América Latina não requer visto de estudante e, em alguns casos, nem o passaporte - apenas uma carteira de identidade (RG) atualizada já pode ser suficiente.

2. Aprender espanhol no intercâmbio - Ter um intercâmbio estudantil na América do Sul pode significar a possibilidade de aprimoramento no idioma Espanhol.

3. Economize com esses destinos para intercâmbio - É importante deixar isso bem claro, caro leitor: todo processo de intercâmbio estudantil exige um planejamento muito rígido. Economicamente falando, é muito mais barato optar por destinos na América Latina.

4. Conheça alguns países que podem ser destinos para intercâmbio - Consulte órgãos especializados. Aqui vão alguns países com opções: no Peru, por exemplo, há destinos em Lima e Cusco; na Argentina, além de Buenos Aires, é possível cursar em localidades como Mendoza; Uruguai pode ser uma opção em Montevidéu; há, ainda, a chance de conhecer destinos na Colômbia, como Bogotá.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.