Nacional

560 vagas para o Exército, Marinha e Aeronáutica

As três instâncias das Forças Armadas estão com oportunidades para candidatos com nível médio e superior

São funções das instituições militares assegurar a integridade do território nacional e defender os interesses e os recursos naturais, industriais e tecnológicos brasileiros
00:00 · 21.07.2018 / atualizado às 04:42

As Forças Armadas do Brasil estão selecionando candidatos para, pelo menos, cinco concursos. Se você tem interesse em seguir carreira no Exército, na Aeronáutica ou na Marinha, então essa pode ser a sua chance.

Aeronáutica

Ainda não foi iniciado o prazo de inscrição para as 279 vagas para ingresso no curso de formação de sargentos, a ser realizado na Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR) em Guaratinguetá/SP, com início no segundo semestre de 2019.

As chances são para ambos os sexos, para atuação em âmbito nacional.

Interessados devem possuir diploma de conclusão de curso de ensino médio e idade entre 17 e 25 anos até a data de 31 de dezembro de 2019.

As inscrições serão recebidas no período das 10h do dia 12 de agosto às 15h de 10 de setembro. A ficha cadastral estará disponível nos sites do Comando da Aeronáutica e da Escola de Especialistas de Aeronáutica .

Será cobrada uma taxa de participação do concurso as Aeronáutica, no valor de R$ 60 

Os concluintes do curso serão nomeados ao posto de terceiro-sargento e receberão a remuneração inicial de R$ 3.825.

Exército

O órgão das Forças Armadas responsável pelas operações em terra tem três concursos em andamento.

Até o dia 3 de agosto será possível se candidatar a uma das 31 vagas de nível superior para ingresso no quadro complementar de oficiais e no estágio de capelães militares. O cadastro pode ser feito pelo site www.esfcex.eb.mil.br, mediante pagamento da taxa de R$ 120.

Para o quadro complementar, há chances nas áreas de Administração, Direito, Estatística, Informática, Magistério (Alemão, Biologia, Francês e História), Enfermagem e Veterinária. A idade limite para participação é de 36 anos. Entre as oportunidades para capelão, duas são para sacerdote católico romano e uma para pastor evangélico. Os candidatos devem possuir entre 30 e 40 anos, além de curso de formação teológica.

Após a formatura, os militares do quadro complementar serão nomeados ao posto de primeiro tenente, enquanto os capelães obterão a graduação de segundo tenente, com vencimentos de R$ 8.245 e 7.490, respectivamente.

A segunda seleção do Exército visa preencher 122 vagas de nível superior no curso de formação de oficiais do serviço de saúde de 2019. As oportunidades são para médicos, odontólogos e farmacêuticos, em diversas áreas e especialidades.

Interessados devem possuir formação superior na área a que pretende concorrer, idade máxima de 36 anos, completados até 31 de dezembro, e altura mínima de 1,55m para as mulheres e 1,60m para os homens.

As inscrições serão recebidas até o dia 13 de agosto pelo site. O valor da taxa é de R$ 130.

Após concluir o curso com aproveitamento, o candidato será nomeado ao posto de primeiro-tenente do serviço de saúde, cuja remuneração inicial é de R$ 8.245.

Por último, o Exército Brasileiro recebe inscrições para formação de engenheiros no IME (Instituto Militar de Engenharia).

Os dois editais somam, juntos, 98 oportunidades. Do total, 74 são para oficiais da ativa e 24 para oficiais da reserva.

Dos interessados é exigido nível médio completo e altura mínima de 1,55m para as mulheres e 1,60m para os homens, além de ter idade entre 16 e 22 anos completados até 31 de dezembro do ano da matrícula, exceto para oficiais da reserva que exigem idade máxima de 21 anos.

A ficha cadastral ficará disponível no site até o dia 15 de agosto. O valor da taxa é de R$ 100. Ao concluir com aproveitamento o curso, o concludente será nomeado primeiro-tenente.

Marinha

A Marinha do Brasil oferta atualmente 30 vagas para ingresso no Quadro Técnico de Praças da Armada (QTPA), sendo seis reservadas a negros.

As chances são destinadas a homens com idade entre 18 e 25 anos (em 1º de janeiro de 2019) e formação técnica de nível médio.

Os aprovados receberão treinamento para trabalhar na operação e manutenção de submarinos e instalações nucleares.

Com taxa de R$ 70, as candidaturas devem ser registradas até as 23h59 de 3 de agosto, mediante o preenchimento de formulário no site www.marinha.mil.br.

O edital traz chances em duas áreas: eletroeletrônica e mecânica. A primeira admite candidatos com formação em automação industrial, eletroeletrônica, eletromecânica, eletrônica, eletrotécnica ou mecatrônica. No caso da segunda, a Marinha aceita diplomas de cursos de manutenção automotiva, mecânica, mecatrônica ou refrigeração e climatização.

O curso de formação é no Rio de Janeiro. Após a formatura, os militares serão nomeados ao posto de terceiro-sargento, com salário de R$ 3.825. Em seguida, farão os cursos de aperfeiçoamento e de subespecialização de submarino, com duração média e 25 e 24 semanas, respectivamente.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.