Carreira Militar

445 vagas para a Escola de Cadetes do Exército

Jovens de ambos os sexos com ensino médio e idade entre 17 e 22 anos podem participar. Prazo até 8 de junho

Depois de formados, os cadetes são inicialmente declarados aspirante a oficial e, após cumprir estágio probatório, segundo tenente ( Foto: Nah Jereissati )
00:00 · 12.05.2018

O Exército está com inscrições abertas para o concurso público destinado a preencher 445 vagas na Escola Preparatória de Cadetes (EsPCEx).

No total, o edital disponibiliza 400 postos para homens e 45 para mulheres. Podem participar jovens com ensino médio e idade entre 17 e 22 anos (completados até 31 de dezembro de 2019).

Com taxa de R$ 90, as candidaturas podem ser registradas até 8 de junho. A ficha para cadastro está disponível no site www.espcex.eb.mil.br.

Os aprovados no concurso do Exército serão matriculados no Curso de Formação e Graduação de Oficiais de Carreira da Linha de Ensino Militar Bélico, com duração de cinco anos, em regime de internato.

Durante o primeiro ano, as atividades acadêmicas ocorrerão na sede da EsPCEx, em Campinas, no interior de São Paulo.

Na sequência, os estudos terão continuidade na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), localizada em Resende, no Rio de Janeiro.

No decorrer do curso na Aman, os homens poderão optar pelas áreas de Infantaria, Cavalaria, Artilharia, Engenharia, Comunicações, Intendência e Material Bélico. Enquanto as mulheres terão de escolher entre Intendência ou Material Bélico.

Depois de formados, os cadetes obterão diploma de bacharelado em Ciências Militares, sendo inicialmente declarados aspirante a oficial e, após cumprir estágio probatório, segundo-tenente.

A remuneração no primeiro ano do curso é de R$ 1.044; nos demais, passa para R$ 1.066. Para segundo tenente, o salário atual é de R$ 7.082, conforme a tabela de vencimentos das Forças Armadas.

Na primeira fase, os candidatos farão provas objetivas além de uma redação, com aplicação em 29 e 30 de setembro, em todos os Estados do país.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.