Reportagem Sossego contemplativo

Verde como prioridade: voo livre e camping na Ibiapaba

00:00 · 09.09.2017

Tianguá. A professora Maria Salete Mendes, de Teresina (PI), adora estar em contato com a natureza. Pelo menos, duas vezes ao ano, ela procura fugir da agitação e se refugiar com a família e amigos em lugares onde o verde predomina. Os momentos de sossego contemplativo, em meio à natureza, têm sido cada constante para a professora, que descobriu as belezas da Serra da Ibiapaba, no Norte do Ceará, há cerca de três anos.

O local escolhido foi o Sítio Bosco Park, um complexo de lazer instalado em 20 hectares, no município de Tianguá, que prioriza o turismo ecológico e de aventura. A vista privilegiada de grande parte do Vale do Acaraú enche os olhos dos visitantes, até onde a vista alcança. Nesta época do ano, logo após a quadra chuvosa, que trouxe de volta o verde vivo das matas, ainda é possível apreciar os muitos matizes reavivados pelos raios solares, que banham a vegetação serrana que recobre a Ibiapaba, assim como os arbustos característicos do semiárido que, ao descer o enorme platô de 750m de altitude, margeiam a BR-222 rumo à capital, Fortaleza.

Voo livre

Um dos locais mais apreciados pela professora Maria Salete Mendes é o mirante, de onde partem, em busca de adrenalina, os mais destemidos. No voo livre de parapente, a pessoa tem a oportunidade de apreciar toda a beleza do lugar de uma vista inegavelmente privilegiada. Os interessados podem fazer um curso de 20 minutos, com noções básicas, e saltar, em pouco tempo. Se o desejo de voar sozinho for mais forte e o tempo favorável, o aventureiro deve se dedicar de três e quatro meses de aprendizado antes de se lançar, com todos os requisitos e orientações necessários à sua segurança. O que não é o caso de Maria Salete, que prefere manter os pés bem firmes no chão. "Gosto de observar o vai e vem dos voos e deitar na grama para relaxar. É bom, depois de uma caminhada pela mata. Revigora as energias", afirma.

Camping

A rampa de voo livre do Bosco Park está entre as 16 de maior destaque do Ceará, onde constam também a rampa da Serra da Meruoca, Ipu, Ibiapina e Viçosa do Ceará, na região Norte, listadas no Guia 4 Ventos Brasil, especializado nesse tipo de esporte. A rampa disputa a atenção dos turistas com outros atrativos, pois, se o visitante é daqueles que levam a sério o turismo de aventura, pode acampar na área do Sítio. Uma barraca para duas pessoas custa R$ 70, com café da manhã. Se preferir, pode trazer seu equipamento de casa e se instalar na área verde, que acomoda 200 campistas, considerada referência de camping no Nordeste.

Trilha

Pela trilha, mata adentro, o visitante se sente realmente em contato com a natureza. O percurso, de 350m, requer fôlego e preparo físico. Ao fim, o aventureiro se depara com a Caverna do Morcego, uma imensa rocha sedimentar, que chama atenção por sua estrutura arredondada, o que serve de ponto de descida do rapel, outro tipo de diversão encontrada no Bosco Park. "Eu fiquei impressionado com a beleza desse lugar", confessa Cícero Dias Barros, que veio de São Paulo a convite de amigos.

Mais informações:

Sítio Bosco Park
Vila Acarape - Tianguá - Serra
da Ibiapaba (BR-222)
Telefone: (88) 9 9444-8967
 
LEIA AINDA:
 
 

 

Reportagens

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.