Especial Publicitário

Ferramenta de trabalho

16:57 · 26.04.2018
Cláudio Daniel Dias Sales CRC
Cláudio Daniel Dias Sales

Nas últimas décadas os avanços tecnológicos se mantiveram em crescimento exponencial. Neste contexto, a Contabilidade tem aproveitado os recursos inovadores para impulsionar o crescimento da profissão. Esses avanços têm batido quase que diariamente à porta das empresas de Contabilidade. “De início, o processo foi lento, pois a internet tinha baixa velocidade, os computadores tinham processadores pouco eficientes e os sistemas estavam em fase embrionária”, observa Cláudio Daniel Dias Sales, Presidente da Associação dos Contabilistas do Estado do Ceará (Acontece).

“Nesta primeira fase, a preocupação era trazer ferramentas capazes de possibilitar praticidade ao trabalho do contador”, afirma Ananias Rebouças Brito, Vice-Presidente da Acontece. Guias preenchidas na máquina de escrever e formulários manuais foram substituídos por guias eletrônicas, reduzindo o tempo e possibilitando a correção imediata. “Quando se errava a digitação de uma letra ou um número no preenchimento de um DARF, tinha que começar tudo de novo”, observa Cláudio Daniel Dias Sales. Com os computadores, o problema foi resolvido.

Veio a nota fiscal eletrônica e, mesmo assim, num primeiro momento, fazia-se necessária a digitação manual de cada item. Depois, veio leitor de código de barras, que possibilitava o preenchimento dos 44 dígitos da nota fiscal eletrônica automaticamente. “Hoje, conseguimos captar os arquivos XML diretamente dos softwares, eliminando a digitação manual”, afirma Cláudio Daniel Dias Sales.

EVOLUÇÃO

Vários problemas que surgiram com a informática têm tido atenção especial, e a evolução é simplesmente fantástica. Um exemplo é a armazenagem de dados, inicialmente em HD rígido, depois disquete e, por último, nas nuvens. Para Cláudio Daniel Dias Sales, “a tecnologia tem oferecido recursos inovadores para atender à necessidade de ter a informação de forma tempestiva, com mais segurança”, afirma.

Hoje, é possível o cliente interagir de forma direta com software, alimentando informações como cadastro de empregados e geração da folha de pagamento. Também é possível o sistema do cliente se comunicar com o sistema contábil, eliminando o retrabalho. “Esses avanços possibilitarão a aproximação do cliente com contador, fortalecendo os laços entre eles”, prevê Ananias Rebouças Brito.

“Alguns encaram os avanços tecnológicos como ameaças. No entanto, é necessário que o contador esteja preparado, pois a eliminação de atividades repetitivas irá possibilitar o nascimento de novos nichos de negócios”, defende Cláudio Daniel Dias Sales.

Um exemplo é o acompanhamento do resultado de forma tempestiva e segura, gerando informações importantes para tomada de decisões. “Quando contador deixar de gastar horas no atendimento de obrigações fiscais, vai trabalhar fazendo gestão e estratégia”, argumenta Ananias Brito.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.