Disposição para ajudar

Voluntariado mobiliza 7,4 mi de brasileiros

De acordo com pesquisa feita pelo IBGE, o crescimento foi de 13% se comparado ao ano passado

Neste ano, mais de 10 mil pessoas já ligadas à Comunidade Shalom se dispuseram a atuar como voluntários no Halleluya ( Foto: JL Rosa )
01:00 · 25.06.2018 por Diego Barbosa - Repórter

O caminhar e a fala compassados da funcionária pública Maria Maia, 55, refletem o ambiente de escuta e assistência ao outro que ela vivenciou desde a infância, em seu lar, na Capital cearense. "Meus pais sempre trouxeram pessoas do Interior para a cidade e cuidavam delas. Quando estavam doentes, levavam para o médico, davam tratamento; se estivessem com fome, convidavam para fazer uma refeição, chamavam para dormir. Minha casa, por isso, sempre vivia cheia de gente", comenta.

Foram lições que fizeram-na tornar-se voluntária em inúmeras causas, desde cuidando de idosos em casas de repouso até participando de projetos envolvendo crianças em situação de rua. Conforme pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em abril deste ano, pessoas feito Maria, que executam atividades de voluntariado, já somam cerca de 7,4 milhões em território nacional. O crescimento foi de 13% se comparado a 2017, o que corresponde a cerca de 839 mil indivíduos a mais que doam horas da própria rotina a prestar serviços a entidades e indivíduos.

Integrante da comissão geral do Festival Halleluya - evento que, a partir do dia 25 de julho, chega à sua 22ª edição dependendo do trabalho voluntário para acontecer -, Leandro Oliveira comemora a estatística. "É desafiante nos depararmos com tantas realidades difíceis, de violência e tristeza, mas é nesse caminho que podemos transbordar as boas experiências que tivemos na vida a ponto de também transformar o mundo, a sociedade, o coração das pessoas".

Organização

Neste ano, mais de 10 mil pessoas já ligadas à Comunidade Shalom se dispuseram a atuar como voluntários no Halleluya, número que vem aumentando a cada ano. Uma parte da equipe concentrou-se no Hotel Gran Marquise, no último domingo (24), para participar de um encontro formativo, com palestras e reflexões a respeito das atividades que efetuarão.

Fábio Lima, um dos organizadores do evento, avalia a quantidade recorde de participantes neste ano e opina sobre o ato de doar-se: "Isso acontece porque a estrutura da Comunidade Shalom vai alargando. Mas, para além disso, também acredito que o coração do brasileiro está mais aberto para essa realidade de voluntariado".

Na mostra musical católica, tradicionalmente sediada no Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU), essa contribuição será dividida em 69 equipes de serviço, que abrangem desde limpeza de espaços até assistência de palco e organização de áreas culturais. As demandas estão ligadas a ações que ocorrem antes, durante e após o evento.

Transformação

Casados há quatro anos, Vitor Castro, 28, e Inácia Ribeiro, 27, atuarão, durante o Halleluya, nas equipes de Bilheteria e Limpeza, respectivamente. Pais do pequeno João Lucas, de pouco mais de um ano, eles comentam sobre o desafio que é dedicar tempo para as atividades que assumiram e para a vida pessoal. "Já que o evento é muito longo, o desafio maior é levarmos o João e várias coisas que dão suporte a ele. Mas fazemos com muita alegria", sublinha Vitor.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.