sistema verdes mares

'Tô na Praça' leva alegria ao Bom Jardim

Apresentações artísticas locais farão a diversão do "Tô na Praça", como palhaço e aula de zumba

01:00 · 13.10.2017
Image-0-Artigo-2309262-1
Frequentadores da a Praça Santa Cecília se mostraram ansioso pela realização do "Tô na Praça" deste sábado ( FOTO: JL ROSA )

Vivacidade. Essa é a sensação ao olhar a Praça Santa Cecília, localizada no Bairro Bom Jardim, que atualmente conta com cerca de 38 mil habitantes - um dos maiores de Fortaleza no quesito quantitativo. O bairro recebe, neste sábado (14), a 34ª edição do "Tô Na Praça'. O programa é uma realização do Sistema Verdes Mares e traz uma programação gratuita das 17h às 20h.

De acordo com os moradores, o bairro existe há cerca de 60 anos, quando algumas famílias passaram a residir no local. Antes disso, o bairro funcionava como uma grande fazenda loteada por preços abaixo do mercado. Assim, várias pessoas chegaram ao local, que por muito tempo foi marcado pela insegurança e falta de estrutura, como asfaltamento.

"O bairro já evoluiu muito, principalmente no aspecto de infraestrutura. Antes minha rua não tinha nem calçamento, e os comércios eram poucos. Hoje já tem tudo por aqui", conta a professora Diana Rocha, moradora há 20 anos. Para ela, o Bom Jardim ainda precisa de muito investimento em educação, segurança e políticas públicas para tirar os jovens ociosos das ruas. Diana relata que esses programas existem, mas as vagas são limitadas, além da divulgação ser pouca.

Origem

Ninguém sabe ao certo o motivo do nome "Bom Jardim", mas a maioria atribui ao antigo bordel localizado na Avenida Oscar Araripe. Lá, as mulheres eram tratadas como flores e rosas, e, por isso, o nome Bom Jardim. O bairro se assemelha à uma pequena cidade em que todos se conhecem, transitam e vivem no local em harmonia. Um deles é o vendedor Jeová Tavares, mais conhecido como o "Tio da Batata", que frequenta a Praça Santa Cecília todos os dias e se mostrou ansioso pelo "Tô na Praça" de sábado.

"Eu acho esses eventos ótimos, são uma forma de ganharmos um dinheirinho extra, além de fornecer um lazer para as crianças", destaca. Apresentações artísticas locais farão a diversão do "Tô na Praça", como palhaço e aula de zumba. Além disso, os moradores também poderão escolher o melhor casal dançarino de forró do bairro, em alusão à cultura nordestina. A premiação será de R$ 100,00 para o 1º lugar.

Programação

17h- Personagem Bem Limpinho;

17h30- Palhaço Tutu;

18h- Concurso de Forró em alusão ao Dia do Nordestino;

18h30- Concurso Garota Tô na Praça;

19h- Nagaça do Bom Capoeira, com mestre Bernardo;

19h15- Projeto Ritmo Social Anali, com a professora Rayara Costa- zumba;

19h30- Alisson Wlisses (O Patrão_- forró;

20h- Encerramento.

Mais informações

Confira as matérias e galeria de fotos das edições passadas do "Tô na Praça" no endereço eletrônico abaixo:

www.verdesmares.com.br/tonapraca

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.