Temática do Acquario terá viés de proteção ambiental - Cidade - Diário do Nordeste

Vida Marinha

Temática do Acquario terá viés de proteção ambiental

26.01.2013

O governador Cid Gomes se reuniu, ontem, com técnicos e secretários. Plano de trabalho foi exposto

A suspensão das obras do trabalho foi revogada pela Suma e, com isso, os trabalhos recomeçaram ontem. Conclusão é prevista para 2014 Foto: Kid Júnior

Um dia após a revogação do embargo das obras do Acquario Ceará, o governador Cid Gomes reuniu-se com técnicos do Estado e da empresa americana ICM (Internacional Concept Management), que está construindo o empreendimento, para uma atualização sobre o andamento da obra. Durante a reunião, foram apresentados os cronogramas e o plano de trabalho para os próximos meses.

De acordo com secretário estadual do Turismo, Bismarck Maia, a ICM garantiu que já havia começado a trabalhar junto aos fornecedores a questão da tematização do equipamento, incluem-se aí os cinemas e todos os equipamentos de entretenimento do local.

"O que podemos garantir é que o Acquario será vanguarda no mundo, principalmente pelo seus viés de educação ambiental e proteção a vida marinha".

Além disso, o titular da Pasta do Turismo informou que as obras devem entrar em um ritmo veloz, e que, "se preciso for, iremos trabalhar de três a quatro turnos nas obras. Ficou definido que a prioridade para 2013 na Setur será o Acquário".

Ele informou também que a ICM garantiu compromisso prioritário com as obras do Ceará.

Foram checados itens referentes à estrutura interna e externa (equipamentos de filtração, material da coberta, estrutura metálica, fachada de vidro, equipamentos elétricos), como também os itens de entretenimento (cinemas 3D, 4D, simulador de submarinos, decoração temática, conteúdo dos filmes, etc) que fazem parte do projeto.

Outro item colocado durante a reunião foi a estrutura de quarentena temporária para o processo de adaptação e crescimento das espécies aquáticas.

Participaram da reunião com Cid Gomes os secretários Danilo Serpa, do gabinete do governador; Bismarck Maia, do Turismo; Arialdo Pinho, da Casa Civil, além do procurador-geral do Estado, Fernando Oliveira, técnicos do Estado, da empresa americana e das demais empresas que fazem parte da construção do Acquario Ceará.

Embargo

O embargo das obras do Acquario Ceará foi revogado pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), na última quarta-feira (23), e as obras foram retomadas ontem. O órgão elaborou o novo parecer baseado no licenciamento ambiental expedido pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace).

Em março de 2012, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) já havia emitido um termo de embargo. O fato se deu devido à compreensão do instituto de que era necessário um estudo arqueológico no terreno.

Em junho, as obras foram retomadas, quando a Justiça concedeu uma liminar suspendendo o embargo.

A última paralisação do Acquario foi f a menos de dez dias úteis para o fim da antiga gestão da Prefeitura de Fortaleza, no dia 21 de dezembro passado. Na época, a Secretaria de Meio Ambiente e Controle Urbano do Município (Semam) informou que a decisão foi tomada após recomendação do Ministério Público Federal (MPF).

O Acquario Ceará está localizado na Praia de Iracema. Serão 21,5 mil metros quadrados de área construída e tanques com capacidade para 15 milhões de litros, sendo o maior e mais moderno do hemisfério Sul.

A previsão é que o equipamento receba, anualmente, 1,2 milhão de visitantes, gerando uma receita de R$ 21,5 milhões. O impacto no mercado de trabalho será de 150 empregos diretos.


Comente essa matéria


Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999