Veículos alternativos para mobilidade

Taxas mais baixas a partir de hoje

01:00 · 20.03.2017
Image-0-Artigo-2216544-1
Para incentivar o uso sustentável e consciente dos carros elétricos, usuários poderão dividir o trajeto por meio do aplicativo Carona ( Foto: Nah Jereissati )

Uma pesquisa qualitativa, realizada em janeiro passado, com cerca de 50 usuários dos Veículos Alternativos para Mobilidade (Vamo) apontou que 64% consideravam a política tarifária do sistema de carros elétricos compartilhados muito elevada. Na tentativa de estimular o uso dos equipamentos, a Prefeitura de Fortaleza anunciou redução nas taxas de uso, que variam entre 25% e 68% em relação à tarifa vigente. Os novos valores passam a ser cobrados a partir de hoje para os 511 usuários ativos cadastrados no sistema.

Com o reajuste, as viagens agora vão ser cobradas com base no tempo em que o carro está sob responsabilidade do usuário. Para os primeiros 30 minutos, a tarifa passa a ser de R$ 15. O novo valor, para até 1 hora de uso, tem diminuição de 54% e cai para R$ 20. Quem precisar utilizar o carro por até 2 horas, deve pagar R$ 30, uma queda de 62%, se comparado à taxa anterior, de R$ 80.

Para até 3 horas, a tarifa é de R$ 35 (redução de 68%). A tarifa de R$ 35 para os serviços entre 3 e 5 horas, terá acréscimo de R$ 0,30 por minuto. Já o usuário que passar mais de 5 horas com o carro vai pagar R$ 71, e R$ 0,50 por minuto adicional.

Essa redução faz parte do "Pacote Vamo 2017", lançado neste mês pelo prefeito Roberto Cláudio e que prevê alteração no valor mensal para o uso do carros elétricos. Os valores caíram 50%, passando a ser R$ 15 para os usuários cadastrados com Bilhete Único e R$ 20 para os demais, além de poder estacionar gratuitamente nas vagas de Zona Azul. Antes, as taxas variavam entre R$ 30 e R$ 40, respectivamente. Apesar da mudança, o valor da taxa mensal vai continuar sendo revertido em crédito de R$ 20 no Bilhete Único para os usuários.

Até o fim desta semana, vão ser entregues duas novas estações. Já existem dez. As novas estações estão sendo montadas no bairro de Fátima e no Dionísio Torres. Mediante parcerias, a Prefeitura promete criar outras dez até abril. Segundo o engenheiro Sued Lacerda, os usuários poderão compartilhar o mesmo carro pelo aplicativo Carona. "Um usuário pode oferecer carona a outro, desde que o mesmo esteja cadastrado no sistema. No fim da viagem, eles podem dividir a tarifa", explica.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.