Assembleia legislativa

Seminário discute Segurança Pública

01:00 · 29.05.2018
Image-0-Artigo-2406349-1
O deputado Zezinho Albuquerque, presidente da Assembleia, esteve, ontem, no Sistema Verdes Mares

O Ceará sedia a primeira edição do Seminário Internacional sobre Segurança Pública, que acontece de 5 a 8 de junho na Assembleia Legislativa do Ceará. O deputado Zezinho Albuquerque, presidente da Casa, visitou o Sistema Verdes Mares e foi recebido pelo diretor institucional do Sistema, Paulo César Norões, para promover o evento.

O Seminário terá 80 convidados nacionais e internacionais, como Ciro Gomes, pré-candidato à Presidência da República, e Jorge Melguizo, ex-secretário de Cultura e Desenvolvimento Social de Medellín, para debater sobre os principais temas que envolvem a Segurança Pública do País e também do Estado.

O seminário, que chega em consonância com a ebulição da discussão sobre Segurança Pública no País e, principalmente, no Estado do Ceará, tem como objetivo principal instrumentalizar os poderes Executivo e Legislativo. Propondo medidas e ações referentes à execução de uma Política de Segurança Pública resolutiva e de resultados concretos. O seminário buscou uma parceria com a academia, no papel das principais universidades do País, como forma de aproximar as discussões e conhecimento acadêmico da gestão pública.

"A Academia há muitos anos pensa, escreve, debate sobre violência internamente, eles estudam a violência em núcleos nas federais e estaduais do Brasil inteiro. A gente tem que pensar como pode integrar esse saber cientifico", comenta a coordenadora do evento, Luiza Perdigão.

A experiência de especialistas que já enfrentaram crises na Segurança e encontraram alternativas é também um dos pontos altos do seminário. Segundo o presidente da Assembleia, "precisamos de ideias novas e encontrar soluções para o que está acontecendo no País. São pessoas de Portugal, da Colômbia, que já passaram por essa crise que estamos passando agora e eles têm algumas sugestões para nós", salientou Albuquerque.

De acordo com Zezinho Albuquerque, todo o Seminário será gravado. Um documento com todo o material produzido nas discussões acerca da Segurança Pública nacional, estadual e municipal será disponibilizado. O deputado salientou que a produção intelectual gerada no Seminário deve ser utilizada para a elaboração de próximas diretrizes na questão da Segurança não só do Estado, mas do País.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.