Planalto Ayrton Sena

Rimas e versos do rap invadem o 'Tô na Praça'

A 21ª edição do evento levou, além das atrações, oficinas aos moradores que foram à Areninha do bairro

O jovem estudante Adriel Medeiros gostou tanto da oficina que, após a aula, subiu ao palco do 'Tô na Praça' e cantou um rap improvisado sobre reciclagem ( FOTO: KIKO BARROS )
01:00 · 17.07.2017

Conhecido por levar, todas as semanas, programação cultural aos bairros da Capital, o "Tô na Praça" do último sábado (15), em sua 21ª edição, contemplou a Areninha do bairro Planalto Ayrton Senna com música não apenas para ouvir, mas para aprender a fazer.

Isso porque, por meio do "Projeto Festival de Talentos de Fortaleza - Promovendo a cultura juvenil", da Prefeitura de Fortaleza, foram realizadas para a comunidade oficinas de rap e DJ, protagonizadas pelo DJ William e pelos rappers W Man e Tyle Rodrigues, no "Tô na Praça" pela primeira vez.

"É uma cultura que se comunica bastante com esse lado da periferia, a comunidade em si, o povo que tem essa origem. Hoje, a gente passa um pouco do que a gente sabe, do que a gente conhece sobre música, sobre produção, e para nós é uma grande satisfação poder contribuir com esse projeto", explica o rapper Tyle Rodrigues.

Residente na comunidade do Curió, no bairro Messejana, ele destaca ainda que oficinas como a ministrada no último fim de semana podem estimular a formação do próximo talento da comunidade.

"Eu tive a oportunidade de ser descoberto por meio de projetos como esse, que dão a oportunidade para a gente expressar o que sabe, aprender com pessoas como eu aprendi com o W Man, que é um cara que vem, há muito tempo, desenvolvendo o hip hop com responsabilidade. Fizeram esse trabalho comigo e, hoje, eu fico feliz de poder estar fazendo isso com esses jovens", destaca o rapper Tyle Rodrigues.

Atividades

Além das oficinas, os moradores do Planalto Ayrton Senna e proximidades puderam conferir as lições do personagem "Bem Limpinho" sobre sustentabilidade com o descarte correto do lixo e outras atrações como quadrilha junina, capoeira, zumba, ballet e performance de dança dos hits da cantora Anitta. A programação seguiu até às 20 horas.

A camareira Mariana Ferreira ficou sabendo do evento pela televisão e resolveu aproveitar a oportunidade de ter um lazer perto de casa para garantir a diversão de fim de semana para as crianças. "De vez em quando eu venho aqui. A praça é movimentada, mas hoje está bem mais. É super interessante ver uma diversidade de pessoas, todos juntos e curtindo na paz", afirma.

O "Tô na Praça" movimenta os bairros e estimula os moradores a ocuparem ainda mais os espaços urbanos. Mas não são apenas os moradores do bairro os responsáveis por essa movimentação. O mecânico industrial William Fontes mora na Vila Manoel Sátiro e sempre que tem "Tô na Praça" em algum bairro próximo, ele comparece.

"Já é o nono ou décimo 'Tô na Praça' que eu venho. É bem animado, tem os brindes, tem a pipoca... Sempre venho participar das dinâmicas, ganho boné. Eu aproveito que a minha mulher está trabalhando e venho para ver o movimento", conta Fontes.

A escolha da Garota "Tô na Praça", concurso que elege a garota mais carismática do bairro, também empolgou quem foi conferir a programação na Areninha do Planalto Ayrton Senna no último sábado.

O concurso é realizado pelo programa Show do Tony Nunes, da TV Diário. No fim deste ano, as eleitas de cada bairro participarão do grande concurso que elegerá a Garota da Praça. As inscrições são feitas na praça, no momento em que está acontecendo o evento.

Sinal digital

Além das apresentações, a distribuição de pipoca e de brindes completaram a série de atividades realizadas durante o evento. A TV Verdes Mares, que vem realizando ações de divulgação do desligamento do sinal analógico que ocorrerá no dia 27 de setembro deste ano, esteve presente explicando como configurar e conectar a TV.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.