desastres naturais

Redução de 59% nas ocorrências

01:00 · 10.05.2018

Fortaleza registrou durante o mês de abril 131 ocorrências de desastres naturais em decorrência das precipitações, informou a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil. De acordo com o Comitê de ações da Quadra Chuvosa, o dado representa queda de 59% em relação a igual período de 2017.

Segundo a Defesa Civil, do dia 1º de maio até ontem, Fortaleza teve 19 ocorrências. Destas, 12 foram de risco de desabamento, duas de incêndios, duas de desabamentos, duas de inundações e uma de alagamento. Em abril, considerado o mês mais chuvoso do semestre até agora, foram 22 ocorrências de alagamento, 4 de incêndio, 7 de desabamento, 18 de inundação e 77 de risco de desabamento.

Leia ainda:

> Sertão Central receberá 1º sistema de adutoras 
> 'Cinturão das Águas' terá R$14 milhões

No total, Fortaleza tem 89 áreas monitoradas pelo grupo de trabalho vinculado à Secretaria Municipal de Segurança Cidadã para a quadra chuvosa. De acordo com o coordenador das regionais e do Comitê de Ações para a Quadra Chuvosa, Renato Lima, "as regionais que mais sofrem com a precipitação são as regionais V e VI, pois abrangem a maior área de Fortaleza. Só a regional VI corresponde a 42% do território". De acordo com o Comitê, nesta madrugada não houve ocorrências graves. A recomendação, no entanto, para situações de perigo de alagamento, deslizamento ou desabamento é que os cidadãos acionem imediatamente a Defesa Civil através do número 190.

Limpeza

O Comitê da Quadra Chuvosa, vinculado à Secretaria Municipal de Segurança Cidadã (Sesec), está realizando, desde o segundo semestre do ano passado, desentupimento de bocas de lodo e bueiros, limpeza em margens de canais e lâminas d'água e acompanhamento das famílias em situação de vulnerabilidade.

Segundo Lima, a decisão da Prefeitura foi de estender os trabalhos do comitê até o termino da quadra chuvosa. "Devido à inconstância das chuvas, a decisão do prefeito foi de prolongar as ações enquanto tiver possibilidade de chuva", informou o titular. Segundo a Funceme, a previsão para os próximos dias é de nebulosidade variável.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.