Orquestras no Parque

Projeto leva música instrumental ao Cocó

Opção cultural gratuita encantou bom público que compareceu ao anfiteatro para apreciar execução de clássicos

Público de todas as idades acompanhou apresentação no fim da tarde desse domingo, no anfiteatro do Parque do Cocó; o projeto retorna no dia 13 ( Foto: JL Rosa )
01:00 · 30.04.2018

Saxofones, trompetes, flautas. Os instrumentos clássicos foram os protagonistas na tarde desse domingo (29), em projeto que levou a música erudita para apreciação em pleno Parque do Cocó. No palco, a Orquestra de Sopros de Pindoretama, que executou repertório que passeou por entre a história da música e encantou quem decidiu aproveitar o fim da tarde de maneira diferente na Capital.

A proposta do projeto Orquestras no Parque, segundo a organização, é "difundir e valorizar a música instrumental do Ceará, dentro do segmento de orquestras, como fortalecimento da Rede Estadual de Bandas do Ceará". Resultado de uma parceria interinstitucional do governo do Estado, o projeto reúne a Secretaria de Meio Ambiente (Sema), a Secretaria da Cultura do Estado (Secult) e a Casa Civil.

O evento teve início no último dia 15 e segue até 24 de junho, sempre aos domingos, a partir das 16h30, no anfiteatro do Parque do Cocó.

"O Programa Orquestras no Parque vem promover, difundir e valorizar a música instrumental do Ceará, dentro do segmento de orquestras. Busca também contribuir para a formação de plateia em música instrumental, além de estimular o uso de espaços verdes da cidade como opção de lazer cultural e ambiental", informou a organização.

Crianças e jovens

A Orquestra de Sopros de Pindoretama, que se apresentou neste domingo, mantida pela ONG Associação dos Amigos da Arte (Aamarte), é composta por 50 crianças e jovens, integrantes no grupo principal e cerca de 200 alunos na escola de música, que funciona no município de Pindoretama, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). A Orquestra atua há 18 anos e contabiliza mais de 600 apresentações, no Estado e no exterior.

No repertório, música erudita, originais para sopros, estilos brasileiros (samba, maxixe, chorinho, frevo, bossa nova e baião) e, também, alguns outros gêneros internacionais, como jazz e mambo. O projeto Orquestras no Parque retornará no próximo dia 13 de maio. Na ocasião, será a vez das Orquestras Infantil e Juvenil de Orós. No dia 27 de maio, a Orquestra de Sopros do Piamarta irá se apresentar.

No dia 10 de junho está prevista a apresentação da Orquestra Jacques Klein e no dia 24 de junho, encerrando a temporada, o espetáculo fica por conta da Orquestra de Sopros de Icapuí.

Enquete

Qual a importância dessa iniciativa?

"É lindo, maravilhoso, em um domingo à tarde, você ter esse prazer, de graça, e possibilitar a esse público de todas as idades desfrutar desse momento, dessa cultura musical"

Camila Oliveira 
Musicista

Image-0-Artigo-2394039-1

"Acho que é o tipo de iniciativa que faltava em Fortaleza. Não temos muito espaço com música erudita, ainda mais gratuita. Já sou fã do projeto. Não queria que acabasse"

Valdomiro Oliveira
Músico

Image-1-Artigo-2394039-1

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.