Programação no Dia Mundial do Rim - Cidade - Diário do Nordeste

CONSCIENTIZAÇÃO

Programação no Dia Mundial do Rim

10.03.2011

As ações de mobilização serão realizadas tanto na Capital como no Interior do Estado

Hoje se comemora o Dia Mundial do Rim. A data é um ótimo motivo para conscientizar a população sobre a importância da manutenção correta da saúde do órgão. A oportunidade serve ainda para informar e mobilizar a respeito dos cuidados e perigos das doenças renais.

Para isso, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), em parceria com a Sociedade Brasileira de Nefrologia, Sociedade Cearense de Cardiologia, Secretaria de Saúde de Fortaleza, Liga de Nefrologia dos Estudantes de Medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC) e Associação dos Transplantados Renais, preparou uma programação especial para os próximos cinco dias.

Segundo o Ministério da Saúde, no Brasil, há, atualmente, 33 milhões de hipertensos, 7,7 milhões de diabéticos, 16 milhões de obesos e 17 milhões de idosos. A estimativa é de que no Brasil 10 milhões de pessoas tenham doença renal crônica.

Prevenção

Conforme a especialista, o melhor caminho é prevenir a doença renal crônica e reduzir a velocidade de progressão para evitar a diálise e a mortalidade de pacientes. "É preocupante saber que a mortalidade de um paciente com 30 anos de idade que depende da hemodiálise é semelhante a de uma pessoa com 80 anos de idade sem doença renal crônica", afirma.

A médica Ana Lúcia de Sá Leitão observa que a identificação da doença renal é bastante simples, devendo ser feita através de exames, como sumário de urina para a pesquisa de proteínas e a dosagem de creatinina no sangue.

A mobilização começa amanhã, às 8horas, com a palestra "Doença renal crônica: como identificá-la e combatê-la", realizada pela médica Ana Lúcia de Sá Leitão e a enfermeira Francisca Praciano Rodrigues, no auditório Waldir Arcoverde da Sesa.

Ainda na Secretaria, das 8 às 12 horas, acontecerá o atendimento para diversos serviços, incluindo rastreamento de pessoas com risco alto e muito alto de diabete, medição de pressão arterial, glicemia e rastreamento da doença renal crônica através da realização de questionário e coleta de urina.

Eventos em Fortaleza

Dia 11 - Local: Secretaria da Saúde do Estado. Atividades: palestra "Doença Renal Crônica: Como identificá-la e combatê-la" e rastreamento de pessoas com risco de diabetes e de doença renal crônica

Dia 12 - Local: Praça do Ferreira Atividade educacional com nutricionistas, educadores físicos e médicos

Dia 15 - Local: C.S. Virgílio Távora. Atividade: treinar os agentes de saúde para que preencham e apliquem o questionário "Previna".

Dia 22 - Local: C.S. Virgílio Távora. Atividade: aplicação do "Previna" para rastreamento da doença renal e coleta de creatinina

Comente essa matéria


Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999