esporte

Praias do Estado ganharão incentivo a prática do surfe

A iniciativa consiste no compartilhamento de equipamentos de surfe como políticas de incentivo ao esporte, com foco na juventude ( Foto: Natinho Rodrigues )
01:00 · 05.08.2017

Um dos exemplos de democratização no acesso à orla deve ser visto por meio do Programa Compartilha.CE, ligado a Coordenadoria Especial de Políticas de Juventude do Governo do Estado, com início previsto até novembro deste ano. A iniciativa consiste no compartilhamento de equipamentos de surfe e skate como políticas de incentivo ao esporte, com foco na juventude. Na semana passada, técnicos do programa apresentaram os detalhes à Secretaria de Meio Ambiente do Estado (Sema).

> Projeto Orla deve ser revisto em adequação a Plano Diretor

O projeto viabilizará estações com pranchas de surfe em cinco trechos do litoral de Fortaleza: Caça e Pesca, Praia do Futuro, Titanzinho, Leste e Oeste e Barra do Ceará. O compartilhamento será vinculado a um sistema instalado em cada "point" e a liberação do equipamento, por até duas horas, será por meio de um aplicativo.

Segundo o assessor técnico da Coordenadoria Especial de Políticas de Juventude, Felipe Kuhn, a metodologia do projeto é diferenciada por incluir uma formação profissional no sistema socioeducativo do Estado. "A ideia é implantar um curso de fabricação das pranchas e o material fabricado por esses jovens vai ser disponibilizados nesses points", explica.

As estações contarão com 20 pranchas cada, de acordo com Felipe Kuhn, além de salva-vidas, tendo a previsão de incluir instrutores para a triagem dos surfistas que alugarão os equipamentos. "Estamos consultando órgãos responsáveis pela ocupação e utilização de espaço de areia e órgãos de proteção dos direitos coletivos para que esse projeto não venha prejudicar ambientalmente a praia", diz.

O projeto prevê, ainda, a implantação de points de surfe em praias além de Fortaleza, como Cumbuco, Paracuru, Taíba, Icaraí, Iguape, entre outras. Em relação ao skate, segue em andamento pesquisas de pistas já existentes na capital cearense para a implantação dos points, mas dispondo da mesma metodologia. Também receberão a iniciativa os municípios de Iguatu, Redenção, São Gonçalo, Aracati, Tauá, Maranguape, Juazeiro do Norte, Sobral, entre outros.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.