Segurança e Ordem urbana

Plano prevê requalificação na Praia de Iracema

Entre os tópicos, destaca-se o ordenamento urbano, que retratou o controle de ambulantes

De acordo com a Secretaria de Turismo, ações de fiscalização já estão sendo feitas para coibir os ambulantes, especialmente aqueles que se instalam na Praia do Lido, popularmente conhecida como “Praia dos Crushs” ( Foto: Thiago Gadelha )
01:00 · 07.10.2017

Ordenamento urbano, segurança pública, conservação das vias e limpeza foram alguns dos tópicos colocados em questão na tarde de ontem (6) pelo Conselho da Praia de Iracema, composto por órgãos públicos, moradores e empresários do bairro. Na reunião, o grupo apresentou um planejamento estratégico com ações de requalificação para a Praia, com o intuito de expor, até o fim deste mês, o plano definitivo para o prefeito Roberto Cláudio. Criado em 29 de junho a partir de uma iniciativa da Secretaria de Turismo de Fortaleza (Setfor), o Conselho tem como objetivo diagnosticar as necessidades da Praia de Iracema e auxiliar no monitoramento da utilização dos espaços públicos.

Ambulantes

Entre os oito tópicos abordados, destaca-se o de ordenamento urbano que, entre outras questões, retratou a 'prevenção e controle de ambulantes'. Segundo o secretário executivo de turismo, Erick Vasconcelos, o tema está entre as ações emergentes. O plano prevê a delimitação dos locais e horários de atuação, a proibição da venda de vidros, curso de brigadista e de manuseio de alimentos. De acordo com o secretário, ações de fiscalização já estão sendo feitas para coibir os ambulantes, especialmente aqueles que se instalam na Praia do Lido, popularmente conhecida como 'praia dos crushs'. Segundo Erick, haviam 5 barracas fixas e pessoas morando no local, ambos já retirados. "A ideia do conselho, já que desde 2009 não se renova o licenciamento de ambulantes, é ver perante a lei o que fica acerca das licenças. Queremos mapear, junto com os órgãos permanentes, vendedores que possam ser fixos, desde que sejam cadastrados e paguem impostos", revela. Erick afirmou, ainda, que considera a falta de ordenamento no calçadão da Beira-mar, um dos principais problemas da Praia, opinião compartilhada com os moradores e empresários do bairro.

Segurança

A segurança da Praia não ficou para trás. O assunto foi debatido com afinco e defendido pelos representantes da Polícia Militar e da Guarda Municipal. De acordo com a Guarda, um dos obstáculos para fazer a segurança efetiva na Praia de Iracema é a deficiência de viaturas e inspetores, pois quase todos estão na José Avelino, restando apenas uma viatura para o bairro.

Já a Polícia Militar, representada pelo tenente coronel Clairton, deixou claro que o problema não são as viaturas, e sim que a questão de segurança pública é complexa e responsabilidade de todos. "Não estamos satisfeitos com a situação, mas isso não implica em não trabalhar. A segurança se insere nos contextos social, cultural e familiar, então se esses controles não funcionarem, vai sobrecarregar o controle por parte do poder público. Esses fatores não são responsáveis diretos pelo que acontece, mas se não forem trabalhados corretamente, podem desaguar em um problema para a sociedade", afirma. Além disso, o coronel também pontuou que uma melhor iluminação e monitoramento com câmeras melhoraria o trabalho da PM.

Entre os projetos de segurança pública, destaca-se um case utilizado no Rio de Janeiro, 'Lapa Presente'. A proposta, convertida em 'Iracema, cultura de paz', prevê um fardamento diferenciado para os PM's e guardas, além do uso de bicicletas e outros modais alternativos para fiscalização. De acordo com o secretário executivo da Setfor, o investimento para segurança pública está avaliado em U$ 83 milhões, e a é ideia é trazer o projeto para Fortaleza e iniciar com a Praia de Iracema, mas depois levar para a Praia do Futuro, José Avelino e Beira-Mar. "Esse financiamento vai ser liberado agora para terminar a Beira-Mar. Nisso também vai entrar um plano de segurança cidadã. Esse recurso estava preso e agora foi aprovado. O valor será investido em torres de segurança desde a orla da Barra do Ceará ate a Sabiaguaba. Para ambos projetos, ainda não existe previsão.

Inclusão

Para Carla Arruda, empresária e moradora do bairro, é importante a inclusão de todos nas decisões a serem tomadas. "Eu acho que o mais importante é a inclusão da comunidade e visão da Praia de Iracema como bairro, e não como ponto turístico. Esse diálogo tem que ser intensificado", afirma a empresária.

Saiba mais

Assuntos discutidos

1. Ordenamento Urbano;

2. Segurança;

3. Eventos;

4. Meio Ambiente;

5. Mobilidade Urbana; 

6. Moradores;

7. Potencial Turístico;

8. Comércio.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.