VALORES HUMANOS

Pindoretama inicia atividades do Instituto Myra Eliane

A metodologia segue uma corrente moderna da educação, que defende a inclusão de uma visão humanística

O presidente do Instituto Myra Eliane, Igor Queiroz Barroso afirmou que o momento é de celebrar o efeito do que já foi realizado com o repasse da metodologia e valores humanos aos profissionais na primeira fase, que consiste na capacitação ( Foto: Instituto Myra Eliane/divulgação )
01:00 · 03.05.2018

Mais uma cidade iniciou as atividades de capacitação do projeto "Valores Humanos na Educação Infantil", iniciativa do Instituto Myra Eliane em parceria com o Ministério Público do Ceará (MPCE). Crianças de cinco creches do Município de Pindoretama, distante 53,3 km de Fortaleza, passam a ter ensinamentos e experiências voltadas à fraternidade, igualdade e amor em sala de aula. Na manhã de ontem, pais, coordenadores de instituições de ensino e o presidente do Instituto estiverem reunidos em solenidade de abertura do projeto no Município.

"Este evento ocorre após as atividades de capacitação com os coordenadores de educação. Estamos colhendo frutos com pais e pedagogos. Esta já é a segunda fase, temos ainda os municípios de Maracanaú e Redenção nesse processo. Estamos celebrando o efeito do que a gente fez com o repasse da metodologia e valores humanos. Já atuamos, na primeira fase, em Caucaia, São Gonçalo do Amarante e Eusébio. Está dentro das nossas expectativas", declarou o presidente do Instituto Myra Eliane. Igor Queiroz Barroso.

Em outubro do ano passado, educadores de Pindoretama participaram de um curso de capacitação, ao lado de profissionais de Aquiraz, Maracanaú e Redenção. Os participantes realizaram atividades teóricas, práticas e exercícios - oficinas em grupo e vivências. No fim, eles concluíram o curso com uma atividade simulando a execução do projeto. A capacitação centrou-se no papel do professor na formação de caráter das crianças. A metodologia segue uma corrente moderna da educação, que defende a inclusão de visão mais humanística e menos utilitária dos princípios educacionais adotados em escolas e creches.

Adesão

Instituto Myra Eliane

Na manhã de ontem, pais, coordenadores de instituições de ensino e o presidente do Instituto Myra Eliane estiverem reunidos em solenidade de abertura do projeto no Município de Pindoretama (Foto: Instituto Myra Eliane/divulgação)

A secretária de Educação de Pindoretama, Sílvia Araújo, explicou que o Município já vem realizando atividades de cunho afetivo, mas que agora haverá uma melhor relação entre professores, alunos e pais. "Nós temos alunos da Educação Infantil de 2 a 5 anos. Temos Ensino Fundamental I e II até 14 anos. Os conflitos escolares existem em todas as séries. A questão da indisciplina existe, mas não é algo que atrapalhe o andamento", explicou Sílvia.

Atualmente, existem 12 escolas e cinco creches na cidade. A expectativa é que o projeto alcance toda a rede municipal de Educação. "Temos um sistema de educação com mais de 4 mil alunos. Desse total, cerca de 900 estão em creches. O intuito de aderirmos ao projeto é mudar o futuro do Município. As crianças são a projeção de tudo o que acontece hoje, e a escola é porta de entrada para os bons gestos", afirmou o prefeito de Pindoretama, Valdemar Araújo.

Metodologia

O projeto Valores Humanos na Educação Infantil foi lançado em fevereiro de 2017, com objetivo de fornecer conteúdo complementar para disseminar os valores humanos. Ao todo, 211 escolas aplicam a metodologia, beneficiando 23.484 crianças.

Ainda conforme o presidente do Instituto, outros municípios se encontram em fase de implantação. As cidades participantes se comprometem a inserir nas legislações municipais, normas que garantam a adequação do projeto pedagógico de todas as escolas de Educação Infantil para a inclusão de conteúdo adicional especificamente, direcionado à formação dos valores humanos e do caráter das crianças de até seis anos de idade.

O Instituto Myra Eliane surgiu no ano de 2016, objetivando contribuir no papel de fomentar a construção de creches e escolas, oferecer conteúdo complementar de ensino através de sua Franquia Social e disseminar valores humanos, entre outros princípios.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.