Influenza

Vacinação contra H1N1 é autorizada para começar nesta sexta-feira (20)

A mobilização seguirá até o dia 1º de junho; municípios estão autorizados a vacinar a população que faz parte do público prioritário

15:50 · 19.04.2018 / atualizado às 17:40

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) autorizou os municípios cearenses a iniciarem campanha de vacinação contra a influenza nesta sexta-feira (20). A mobilização estava prevista para começar oficialmente na próxima segunda-feira (23) e seguirá até o dia 1º de junho. Segundo o órgão, a partir de amanhã, os municípios poderão começar a vacinar a população que faz parte do público prioritário. A imunização só será distribuída a outros públicos caso haja saldo de doses. 

Ao todo, 2.286.237 pessoas dos grupos prioritários devem se vacinar. São eles: crianças de 6 meses a menos de 2 anos; crianças entre 2 e 5 anos; trabalhadores de Saúde; gestantes; puérperas (até 45 dias após o parto); população indígena; idosos de 60 anos ou mais; portadores de doenças crônicas e outros riscos clínicos; adolescentes sob medidas socioeducativas; funcionários do Sistema Prisional; e professores. 

O dia "D" da mobilização continua previsto para 12 de maio.  Até esta sexta (20), segundo a Sesa, o Ceará contará com29% das doses. Seis remessas de vacinas estão programadas para envio até o dia 25 de maio. Nesta quinta-feira (19), será concluída a distribuição da primeira remessa às Coordenadorias Regionais de Saúde

A vacina estará disponível nas unidades de saúde com salas de vacina, instituições de idosos, hospitais, postos volantes e domicílios. De acordo com a Sesa, a escolha dos grupos prioritários é feita de acordo com recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS). Esse público inclui pessoas mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias. 

Casos

Ao todo, foram registrados no Ceará 7 casos e 3 óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) causada pelo vírus influenza H1N1. Também foi confirmado um caso da doença provocada pelo vírus influenza B. 

H1N1

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.