Influenza

Sobe para 4 número de óbitos por H1N1 no Ceará; casos chegam a 24

Novo boletim da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) confirma, ainda, um caso de SRAG causada pelo vírus A H3/Sazonal e dois pelo vírus influenza B

19:52 · 19.04.2018 / atualizado às 13:32 · 20.04.2018

Subiu para 4 o número de óbitos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) causada pelo vírus influenza H1N1 no Ceará em 2018. Os casos confirmados da doença no Estado também aumentaram para 24. Os dados são do boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) divulgado nesta quinta-feira (19). Foram registrados, ainda, um caso de SRAG causada pelo vírus A H3/Sazonal e dois pelo vírus influenza B

Na última terça-feira (17), a Sesa havia confirmado 8 casos da SRAG por influenza, sendo 7 provocadas pelo vírus H1N1 e um pelo influenza B, e 3 óbitos, todos por H1N1. 

Conforme a Sesa, 7 municípios cearenses registraram casos de SRAG por influenza dos subtipos A H1N1, A H3/Sazonal e influenza B. Já os óbitos foram contabilizados em 4 cidades: Fortaleza (1), Eusébio (1), Iracema (1) e Solonópole (1). Dentre as mortes confirmadas, 2 ocorreram em pacientes do sexo masculino e 2 em pacientes do sexo feminino. 

A Sesa orientou que todos os municípios iniciassem a vacinação contra a influenza nesta sexta-feira (20). A campanha de imunização estava prevista para começar no dia 23 de abril. 

Em Fortaleza, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) não confirmou se os postos de saúde disponibilizarão as doses a partir de amanhã. 

h1n1

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.