Servidores paralisam atividades em posto de saúde

00:00 · 12.09.2013

Os servidores do posto de saúde Anastácio Magalhães, no bairro Rodolfo Teófilo, paralisaram as atividades nesta quinta-feira (12) em protesto contra o processo de terceirização ocorrido nas unidades da Prefeitura de Fortaleza.

Categoria alega que os terceirizados estão ocupando as funções dos servidores FOTO:DIVULGAÇÃO

"No Rodolfo Teófilo, já são cerca de 60 servidores de carreira que ficarão sem função. Eles precisam ser respeitados. A Prefeitura está substituindo esses funcionários por terceirizados", explicou a diretora do setor de saúde do Sindicato dos Servidores e Empregados públicos do Município de Fortaleza (Sindifort), Regina Cláudia.

Serviços não foram afetados, diz SMS

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou, no entanto, que o protesto realizado nesta quinta não tem afetado o funcionamento do posto Anastácio Magalhães. O órgão garantiu que há 4 equipes completas atuando na unidade.

Quanto aos problemas de terceirização denunciados pelo sindicato, a Secretaria negou que os servidores serão substituídos, como reclama a diretora do Sindifort.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.