Trânsito

Semáforos da Avenida 13 de Maio estão apagados desde a última sexta-feira (8)

Segundo a AMC, o serviço foi interrompido por conta de um furto de cabos elétricos na região

16:28 · 10.06.2018 / atualizado às 22:10
Semáforo 13 de maio
A AMC não informou quando os semáforos voltarão a funcionar ( Foto: Reinaldo Jorge )
Semáforo 13 de maio
Pelo menos dez sinais estão com o funcionamento comprometido devido a um furto de cabos elétricos na região ( Foto: Reinaldo Jorge )

Os semáforos da Avenida 13 de Maio, no entorno da Igreja Nosssa Senhora de Fátima, no bairro de Fátima, estão apagados desde a última sexta-feira (8). Pelo menos dez sinais estão com o funcionamento comprometido devido a um furto de cabos elétricos na região. A reportagem visitou o local na tarde deste domingo (10), mas o serviço ainda não havia sido regularizado. 

"No primeiro dia, a AMC ficou por aqui. E ontem (sábado), ficou a Guarda Municipal. De noite foi uma confusão, porque todo mundo quer passar, mas ninguém quer dar passagem para ninguém", comentou Erivânia Alves, 42, atendente de um quiosque alimentício, localizado ao lado da Igreja Nossa Senhora de Fátima. Ela trabalha diariamente no local, e confirma que na sexta-feira (8), o trânsito ficou "caótico" por conta da irregularidade.

O crime, que prejudicou o funcionamento da sinalização, foi confirmado pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania através de nota. "A AMC informa, ainda, que já está providenciando os reparos, enquanto agentes irão operar os cruzamentos afetados. Ao mesmo tempo, notificou a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), solicitando a apuração do caso que constitui-se crime de furto com penas que variam de um a quatro anos", completou o órgão. A AMC informou que os equipamentos deverão estar em funcionamento até a noite desta segunda-feira (11).

Procurada, a SSPDS informou, no começo da noite deste domingo, que não teve conhecimento desta ocorrência.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.