REDE PÚBLICA

Projetos de estudantes cearenses são classificados à semifinal de concurso nacional

Trabalhos versam sobre temas relacionados ao meio ambiente, educação, políticas públicas, literatura, dentre outros

Projetos foram desenvolvidos por alunos de escolas públicas cearenses e por Organizações da Sociedade Civil ( Foto: Divulgação )
17:20 · 14.09.2018 / atualizado às 17:54

Um total de 13 projetos desenvolvidos por alunos de escolas públicas cearenses e por Organizações da Sociedade Civil estão entre os 100 trabalhos indicados para a semifinal da 13º edição do Prêmio Itaú-Unicef. A iniciativa tem o objetivo de identificar, estimular e dar visibilidade aos projetos que contribuem para garantir o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social. 

Os estudantes são oriundos das cidades de Fortaleza, Itapiúna, Iracema, Jaguaruana, Campos Sales e Aracoiaba. Nesta fase, foram selecionados 60 projetos na categoria Organização da Sociedade Civil (OSC) em Ação e 40 na categoria Parceria em Ação.

Os projetos semifinalistas versam sobre temas relacionados ao meio ambiente, educação, políticas públicas para crianças e adolescentes, literatura de cordel, musicalização e diversidade cultural, e cidadania. Ainda nesta etapa, cada OSC receberá R$ 20 mil e cada Parceria (OSC e escola) receberá R$ 40 mil. A premiação total desta edição será de R$ 5,9 milhões.

Etapas de premiação  

A partir deste grupo de 100 semifinalistas, será feita a seleção de 30 projetos finalistas, sendo 20 OSCs, que receberão mais R$ 40 mil cada, e 10 parcerias que serão premiadas com R$ 100 mil (R$ 50 mil para a OSC e R$ 50 mil para a escola). A final do concurso será em outubro.

Em novembro, serão divulgados os seis projetos vencedores na etapa nacional. A categoria OSC em Ação terá quatro premiados por ordem de colocação (1º lugar R$ 150 mil, 2º lugar R$ 140 mil, 3º lugar R$ 130 mil e 4º lugar R$ 120 mil). Na categoria Parceria em Ação, serão dois vencedores. O 1º lugar recebe mais R$ 400 mil e o 2º lugar, R$ 360 mil, valores divididos igualmente entre a organização e a escola.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.