mesmo com aumentos

Preço do diesel não deve afetar tarifas de ônibus na Capital

De acordo com o presidente do Sindiônibus, não há previsão de antecipar o reajuste do valor da passagem

O último aumento na tarifa de ônibus da Capital ocorreu em fevereiro deste ano quando o valor subiu de R$ 3,20 para R$ 3,40 ( Foto: Érika Fonseca )
13:07 · 23.05.2018 / atualizado às 14:12

Mesmo após o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, anunciar na noite desta terça-feira (22) a eliminação da incidência da Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico) sobre o diesel, o combustível voltou a subir de preço nos postos de Fortaleza. Nesta quarta-feira (23), o combustível pode ser encontrado por R$ 4,19 na maioria dos postos da Capital.

 

Os recentes aumentos, no entanto, não devem afetar a tarifa do transporte coletivo na Capital, segundo o presidente do Sindiônibus, Dimas Barreira. O presidente afirma que não há previsão de aumento do valor da passagem de ônibus antes da data prevista - em novembro de 2018. "O combustível tem impacto, sim, nos nossos custos e eventualmente ele vai refletir no preço das passagens, mas não há previsão de antecipar reajuste nenhum".

O último aumento na tarifa de ônibus da Capital ocorreu em fevereiro deste ano quando o valor subiu de R$ 3,20 para R$ 3,40.

O preço do diesel tem levado a caminhoneiros a realizarem paralizações em todo país, exigindo a redução no valor do combustível.

Com informações do jornalista José Maria melo.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.