Restauro

Obras no Museu do Ceará devem ter início em 2019

O projeto arquitetônico para os trabalhos será elaborado ainda nesse semestre, segundo informou o secretário de cultura do Estado

19:50 · 04.09.2018 / atualizado às 20:20
Museu
Quando iniciados, o prazo estimado de execução dos trabalhos pode chegar até um ano e meio ( Foto: Fabiane de Paula )

As obras de reforma e restauro do Museu do Ceará, equipamento ligado à Secretaria da Cultura do Estado (Secult), devem enfim ser iniciadas em 2019, conforme informou o titular da pasta, Fabiano Piúba. O projeto arquitetônico para os trabalhos será elaborado ainda nesse semestre, segundo o gestor, e só depois de iniciado o processo licitatório, estimado também para este ano, será possível determinar o orçamento das obras.

"Nós estamos num processo administrativo com a Seinfra (Secretaria de Infraestrutura do Estado) para que seja feita a licitação e selecionado a empresa, e dentro de um cronograma da propria estrutura nós nos programamos e inserimos na Lei Orçamentaria de 2019 a previsão orçamentaria", afirma o secretário. O gestor estima, no entanto, que o investimento deva ultrapassar os R$ 4 milhões, valor que estava previsto no processo licitatório anterior, que não foi concluído por falhas no projeto. Entre os elementos inseridos no processo atual, destaca, está o projeto de Combate e Prevenção de Incêndio e ao Pânico. 

Quando iniciados, o prazo estimado de execução dos trabalhos pode chegar até um ano e meio, estima o secretário. Apesar das obras de restauro ainda não terem começado, Fabiano Piúba esclarece que ações de manutenção preventiva já são realizadas no museu, com custos de R$ 223 mil somente em 2018, assim como nos outros equipamentos de responsabilidade da pasta. "Essa preocupação com a manutenção dos nossos equipamentos é uma linha contínua e permanente", garante.

Sobre as reformas em andamento, o secretário afirma estarem concluídas as obras da Biblioteca Pública Menezes Pimentel e do Arquivo Público, ambos com acervos disponibilizados provisoriamente no Espaço Estação, na Praça José de Alencar. Os equipamentos devem ser reinaugurados, no entanto, no mês de dezembro, prazo para que sejam concluídos os trabalhos de transporte e montagem do acervo nos espaços reformados, assim como a finalização dos itens de acessibilidade.

As obras do Museu da Imagem e do Som (MIS), por sua vez, devem ser finalizadas em 2019, segundo Piúba. "vamos ter agora um novo equipamento cultural para o Estado, através de um projeto extremamente moderno e que vai ter as condições tanto para a reserva tencica, como para a salvaguarda desse acervo, mas também para as áreas de formação de pesquisa, de conservação, de restauro, de digitalização e de programação cultural".

Segurança

A política de manutenção e conservação dos equipamentos também engloba a capacitação do quadro de funcionários das instituições para combate a incêndios, garante o secretário. "Temos uma parceria com o Corpo de Bombeiros do Estado do Ceará, com brigadas, que de maneira sistemática capacitam o quadro funcional dos nossos equipamentos, com oficinas, atividades de prevenção de combate ao fogo e ações educativas", afirma.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.