no mucuripe

Navio-Patrulha "Macau" recebe visitação até este domingo

A visitação faz parte doa comemoração à Semana da Pátria, da Marinha do Brasil

17:22 · 08.09.2018 / atualizado às 17:41
macau
Com 49 homens na tripulação, "Macau" atua, principalmente, na proteção da “Amazônia Azul” ( Foto: Helene Santos )

O Porto do Mucuripe, em Fortaleza, foi palco para visitação ao Navio-Patrula (NPa) "Macau". Recém ancorado de uma missão em Natal, o equipamento recebeu olhares curiosos de 14h às 17h deste sábado (8). A tarde de domingo será a última sessão

A visitação faz parte doa comemoração à Semana da Pátria, da Marinha do Brasil. O Navio tem 500 toneladas e 54,2 metros de comprimento. Parado e às amarras no Porto, balançava de vez em quando, arrancando risos dos visitantes. 

Cerca de 30 pessoas entravam por vez, sendo guiadas por alguns oficiais que contavam histórias sobre passar semanas à bordo. "Não enjoei, não. Mas no meu caso é o costume, de desde mais novo atravessar o Rio Ceará, que era nossa praia na época", conta o Francisco Eriverton, 60. 

Ele levou dois netos, filho e nora para a visitação. "Para aproveitar", diz. "Antigamente, por exemplo, você ia ao Aeroporto e ficava olhando de fora mesmo, os aviões chegando e partindo. Então poder adentrar um transporte incomum é tudo de bom". 

A fila para conhecer de perto a embarcação só aumentava, e às 16h, denunciava que nem todos poderiam realizar a visita. Alguns tumultos ocorreram, sendo resolvidos quando os oficiais aumentaram o número para 50 visitantes por vez. 

Marcos Vinícuis esperou 1h30 na fila. "Valeu a pena, é um passeio diferente", destaca. Ele levou todos os cinco filhos para o navio. A prima, Carol Lustosa, foi quem ouviu no rádio sobre a visita. Com tatuagem de âncora na perna, ela revelou não temer os balanços do barco em alto mar. 

"Macau" é um navio de apoio à fiscalização das Águas Jurisdicionais Brasileiras (AJB). Ele realiza patrulha, inspeção naval e salvaguarda da vida humana no mar, contribuindo para a segurança do tráfego marítimo nacional e defesa dos interesses estratégicos do Brasil.

Com 49 homens na tripulação, "Macau" atua, principalmente, na proteção da “Amazônia Azul”. As ações podem levar dias, semanas, meses. As amigas Caroline Dias e Linajara Maia brincam sobre se uma suportaria tanto tempo afastada da costa. "Jamais", diz uma. "Eu aguentaria sim", replica a outra. 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.