Para toda a família

Messejana tem manhã de conscientização e serviços de saúde com o 'Se Toque'

Iniciativa ofereceu atendimento a populares de maneira gratuita

12:36 · 19.05.2018 / atualizado às 13:53 por Redação Diário do Nordeste por Redação Diário do Nordeste
atendimento
Se Toque visa alertar à população sobre a importância de estar sempre cuidando da saúde ( Kid Júnior )

Os moradores do bairro Messejana e proximidades aproveitaram, neste sábado (19), de uma manhã repleta de cuidados para a saúde. O Diário do Nordeste, por meio do projeto Vida Saudável, promoveu, na Praça de Messejana, a quarta edição do "Se Toque", evento que visa alertar a população sobre a importância de estar sempre cuidando da saúde. Na ocasião, foram ofertados diversos serviços gratuitos.

No Espaço Fiec/Sesi, houve avaliação física (IMC e Biopedância), orientações sobre a prática de exercícios e alongamento. Já nos espaços do Grupo ABC Vida - Associação Cearense de Portadores de Hepatite e da ACEPHET – Associação dos Transplantados Hepático do Ceará, foi oferecida vacinação contra Hepatite B / Tétano e teste rápido de Hepatite B/C, Sífilis e HIV.

A Universidade de Fortaleza (Unifor) participou do evento com alunos e professores de cinco cursos, enriquecendo ainda mais a prestação de serviços para a população. São eles: 

- Fonoaudiologia (com triagem vocal e orientação sobre saúde auditiva); 
- Nutrição (com avaliação nutricional); 
- Educação Física (com avaliação de risco cardíaco); 
- Fisioterapia (atuação da área nas dores na coluna); 
- Farmácia (com aferição de pressão, glicemia e orientação sobre o uso racional de medicamentos).

Parceiros ofertam serviços

O espaço do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito) contou com orientação sobre organização de rotina e adaptação das atividades da vida diária, identificando os papeis ocupacionais; teste de estresse e ansiedade e fisioterapia com orientação e atendimento com abordagem oncológica. O Paraíso da Perê também fez orientação nutricional aos presentes.

Por sua vez, o Movimento Outubro Rosa atuou com palestras de prevenção. A boneca gigante "Dona Prevenção" circulou pela praça, também levando informação. 

As Óticas Diniz participaram do evento, realizando testes de acuidade visual gratuito e distribuindo vouchers de consulta oftalmológica gratuita nos médicos oftalmológicos, além de ter feito doado de armações de óculos para crianças e pessoas carentes. 

No palco, o público foi convidado ainda a participar de alongamento, aula de ritmos (zumba), coordenado por profissionais do Sesi, além de forró pé de serra com a banda Forró Xô Sedentarismo. A animação ficou por conta do carisma da apresentadora da FM 93e da TV Diário, Leyla Diógenes

Experiências positivas

O consultor de vendas Edgar Edson, 31, saiu bastante satisfeito e ainda mais atento à saúde. "Descobri que tenho estresse e ansiedade. Foi muito bom isso. Eu moro aqui no bairro, trabalho perto da Praça. Passei aqui, fiquei sabendo que teria este evento e vim. Também quero ver minha pressão", afirmou.

O encarregado de estoque Alexandre Silva, 38, disse que soube do "Se Toque" pela TV e foi só elogios às atividades. "Achei sensacional. Fui em duas necessidades: o óculos, que consegui uma armação gratuita, e na massagem. Como trabalho em um setor muito operacional, sinto muitas dores na lombar e no trapézio. Então, foi muito bom", afirmou.

A fonoaudióloga e coordenadora do curso de Fonoaudiologia da Unifor, Fernanda Sampaio, exaltou a importância da participação dos professores e alunos da Universidade na ação. "Trouxemos orientações sobre a saúde auditiva, saúde bucal, cuidados com a audição, dificuldades da comunicação. É muito importante pra gente trazer essa informação para a comunidade em forma de prevenção e promoção e, no caso, se necessário, encaminharmos para o tratamento. A participação foi muito boa", disse.

A professora do curso de Farmácia Wellyda Aguiar também enalteceu o sucesso do evento. "Tivemos um alcance excelente de pessoas, e a sensibilização da população para olhar a saúde. Foram oferecidos serviços de auferição de pressão arterial e de glicemia, além de orientação aos pacientes que faziam uso de medicamentos. Em torno de 200 pessoasforam atendidas por nós, um público bem interessante, que a gente espera ter contribuído de forma positiva", afirmou. 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.