Música

Mercado dos Peixes recebe terceira edição do Projeto Pôr do Sol

Desta vez, o espetáculo contou com a participação do saxofonista Helano Pedreira

Previsto inicialmente para ocorrer quinzenalmente, o evento — promovido pela Prefeitura de Fortaleza — passa a acontecer em todos os domingos do mês ( Foto: Fabrício Paiva )
19:34 · 16.07.2017

Na tarde deste domingo (16), o Mercado dos Peixes recebeu a terceira edição do Projeto Pôr do Sol, que leva música até as pessoas que contemplam o fim da tarde no litoral da Capital. Desta vez, o espetáculo contou com a participação do saxofonista Helano Pedreira

Previsto inicialmente para ocorrer quinzenalmente, o evento — promovido pela Prefeitura de Fortaleza — passa a acontecer em todos os domingos do mês — sendo no três primeiros no Mercado, e no último, na Ponte dos Ingleses, com o pianista Felipe Adjafre e convidado. Conforme o secretário Municipal de Turismo de Fortaleza, Alexandre Pereira, a extensão dos dias de execução do projeto aconteceu pela boa recepção do público à ideia.

Cerca de oito caixas de som foram instaladas dentro do Mercado para auxiliar na reprodução do som. O espetáculo começou por volta das 17h e durou cerca de uma hora. Tanto as pessoas que estavam em barracas do Mercado, quanto os transeuntes, que atravessavam a orla, aproveitaram a apresentação.

Helano Pedreira, que estava em um barco à deriva próximo ao Mercado, trouxe no repertório clássicos como “Mucuripe”, de Raimundo Fagner, canção homônima à localização de onde foi promovida toda a festa.

A ideia surgiu de outro modelo já consolidado na Praia do Jacaré, na Paraíba. O espetáculo atrai diversos turistas e moradores da região, que são embalados pelo músico Jurandy do Sax.

“O espetáculo é muito bom, pois atrai mais pessoas para a praia e incentiva que elas aproveitem esse espaço, pois a cidade é tão bonita e precisamos tornar esse ambiente mais cativante, tanto para os fortalezenses quanto para os turistas” diz Juliana Lemos, terapeuta ocupacional;

Já o eletricista Aloísio Souza destacou a alegria de curtir a novidade com a família. “É uma novidade muito positiva. Nós ficamos mais alegres, em estar com a família, além de ficar lembrando dos tempos passados”. 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.