Com sinais de violência

Mais de 10 gatos são encontrados mortos em polo de lazer no bairro Damas

A protetora animal independente Floriana Oliveira informou que os animais foram achados com sinais de violência humana. Dois ainda estavam com vida e foram encaminhados ao veterinário

Segundo a protetora, essa não é a primeira vez que animais são exterminados na região ( Foto: Reprodução )
19:00 · 15.06.2018 / atualizado às 19:28
Após o ocorrido, a Prefeitura de Fortaleza foi acionada e os corpos dos animais mortos foram retirados do local ( Foto: Reinaldo Jorge )

Mais de dez gatos foram encontrados mortos, na manhã desta sexta-feira (15), no Polo de Lazer Professor Gustavo Braga, no bairro Damas. Segundo Floriana Oliveira, moradora da região que se intitula protetora animal independente do Polo por cuidar e alimentar os animais abandonados no local, os gatos foram mortos durante a madrugrada com bastante violência.

De acordo com ela, os gatos foram mortos a pauladas de maneira tão brutal que não foi possível identificar a quantidade exata. Outros animais que frequentevam o local também desapareceram,  o que a leva a crer que foram executados. Floriana ressaltou que, contabilizando os mortos e desaparecidos, a conta chega a mais de 20 bichos atacados.

Os gatos foram encontrados por volta das 6h da manhã desta sexta, quando um grupo de pessoas foi até o local levando alimentos, como fazem todos os dias. Após o ocorrido, a Prefeitura de Fortaleza foi acionada e os corpos dos animais foram retirados do local.

Ainda segundo a protetora, essa não é a primeira vez que animais são exterminados na região. "Já houve casos em que dezenas de animais morreram envenenados", ressalta. "A população do entorno é quem faz algum mal a eles ou manda matar o bichos", denunciou. 

Fiscalização

A protetora animal cobrou fiscalização no local. "Nós queremos que câmeras sejam instaladas no Polo para inibir e fiscalizar os maus-tratos contra os animais". Floriana disse que os protetores entregaram uma denúncia a Coordenadoria de Bem-Estar e Proteção Animal, da Prefeitura de Fortaleza.

Segundo ela, no entanto, vários boletins de ocorrência (B.O.) sobre maus-tratos de animais no Polo Prof. Gustavo Braga já foram feitos e não surtiram efeito. 

A reportagem procurou a Prefeitura de Fortaleza para saber mais sobre os tipos de ações que são realizadas no local em prol dos animais, mas não obteve resposta até a publicação desta notícia.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.